Grupo RBS redesenha data center e adota Office 365

CloudData StorageEmpresasNegóciosSoftware

O Grupo RBS anunciou dois novos investimentos: o redesenho de seu data center e a implementação do Office 365, ferramenta desenvolvida pela Microsoft para a colaboração em nuvem. “A razão estratégica para esses saltos de tecnologia é colocar na mão das nossas pessoas o que, no futuro, estará sendo usado pelo público. Para desenvolver produtos

O Grupo RBS anunciou dois novos investimentos: o redesenho de seu data center e a implementação do Office 365, ferramenta desenvolvida pela Microsoft para a colaboração em nuvem.

office-365 bit br

“A razão estratégica para esses saltos de tecnologia é colocar na mão das nossas pessoas o que, no futuro, estará sendo usado pelo público. Para desenvolver produtos de qualidade para o mundo mobile e digital, nossos repórteres e editores precisam estar conectados a essas inovações” destacou o Vice-Presidente de Pessoas e Tecnologia do Grupo RBS, Deli Matsuo.

O novo data center – com duas sedes distantes seis quilômetros uma da outra – é considerado de última geração e oferece alta eficiência na economia de energia, principal motivo para o investimento de R$ 12 milhões feito pela empresa.

Alinhado aos conceitos de sustentabilidade da RBS, o data center verde reduziu em 50% os gastos com energia elétrica. Com o processo de virtualização adotado, 180 servidores físicos foram desligados. Toda a estrutura foi otimizada para garantir economia, já que esse tipo de unidade é conhecido pelo consumo voraz de energia.

Dentro dessa política, o grupo também vem aplicando outras medidas como a automatização do processo de desligamento dos monitores inativos nas estações de trabalho.

Aumento da segurança e de performance dos servidores são mais ganhos oferecidos com a atualização do data center. Novos projetos ganharam agilidade. O tempo de espera foi reduzido de 90 dias para, no máximo, dois. O investimento também significa proteção contra falhas em componentes individuais ou equipamentos (hardwares). As salas contam com infraestrutura moderna, cabeamento de última geração, com fibra ótica, e climatização ordenada.

Paralelamente, o Grupo RBS implementou o Office 365, colocando a tecnologia mais moderna de produtividade online na mão de seus colaboradores e posicionando a empresa em grau de igualdade de companhias inovadoras como as Lojas Renner e a Rede D’Or, dona dos hospitais São Luiz.

O Office 365 compõe um ambiente colaborativo, de “computação na nuvem ou cloud computing”. O software oferece ao usuário, entre outras facilidades, a possibilidade de salvar e acessar arquivos de qualquer lugar – sem a necessidade de estar conectado à rede corporativa –, além da expansão do volume de caixa de correio de 700MB para 50GB e o poder de edição simultânea de documentos produzidos em World e Excel, por exemplo. A partir desse novo modelo, cada colaborador pode compartilhar documentos, construir arquivos e acessar tudo de forma rápida e transparente de onde quer que esteja, usando qualquer dispositivo.

Agilidade é cada vez mais um aspecto-chave para o dia a dia de qualquer empresa, e sabemos que, no ambiente de produção de conteúdo jornalístico, esse é um elemento ainda mais valioso. O Office 365 vai permitir maior colaboração entre todos os profissionais do Grupo RBS, trazendo ainda mais dinamismo para o processo de produção de notícias e também para outras tarefas – afirma o gerente geral de Office da Microsoft Brasil, Alessandro Belgamo.

O Office 365 está em fase final de implementação e já funciona em todas as Redações do Grupo RBS. Após três anos de projeto, o novo data center também já está operando com espaço para triplicar o número de servidores.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor