Sony reduz previsão de prejuízo para este trimestre

Negócios

A Sony anunciou que suas perdas ficarão nos 26%, uma porcentagem mais baixa do que tinha sido previsto, para o primeiro trimestre deste ano. A empresa aponta a demanda dos sensores de imagem, usados nos smartphones como uma das razões para estes números. É esperado que o prejuízo da empresa japonesa chegue até aos 170

A Sony anunciou que suas perdas ficarão nos 26%, uma porcentagem mais baixa do que tinha sido previsto, para o primeiro trimestre deste ano. A empresa aponta a demanda dos sensores de imagem, usados nos smartphones como uma das razões para estes números.

79804-sony-forecasted-a-combined-total-of-just-five-million-vita-and-psp-sal

É esperado que o prejuízo da empresa japonesa chegue até aos 170 bilhões de yen, algo como US$ 1,4 bilhões, de acordo com informação divulgada pela Sony. As previsões anteriores apontavam para os 230 bilhões de yens. Já a previsão média de 17 analistas, feita a pedido da agência Bloomberg, indicava uma previsão de prejuízo de US$ 179,5 bilhões de yen.

Estes resultados foram impulsionados pelas vendas do console PlayStation 4, na época natalina, e pelos resultados da produção de sensores de imagem, que crescem pela competição entre os fabricantes de smartphones.

A Sony acaba tirando proveito da demanda dos sensores de imagem que fornece a outros fabricantes de dispositivos e está disposta a investir mais para aumentar a produção dessa área. Já a sua linha Xperia não está tendo bons resultados: exemplo disso é o despedimento de 2100 trabalhadores, até ao final de 2015, pertencentes ao segmento mobile.

O CEO Kenichiro Yoshida tem feito mudanças na estratégia da empresa, nos últimos tempos. A empresa desistiu do segmento de PCs e fez incidir o foco noutras áreas, como games, por exemplo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor