Baidu e PSafe estão em guerra aberta

MobilidadeSoftware

As duas empresas parecem ter declarado guerra: o Baidu até já viu um de seus aplicativos ser retirado do Google Play no Brasil. Tudo porque a Psafe acusa o Baidu de táticas de competição ilegais, através de seu app DU Speed Booster, que notifica os usuários de que o app antivírus PSafe é de alto

As duas empresas parecem ter declarado guerra: o Baidu até já viu um de seus aplicativos ser retirado do Google Play no Brasil. Tudo porque a Psafe acusa o Baidu de táticas de competição ilegais, através de seu app DU Speed Booster, que notifica os usuários de que o app antivírus PSafe é de alto risco.

dribble_psafe_1x

O PSafe é dos aplicativos de segurança para Android com maior número de downloads na América Latina. No entanto, depois de muitos usuários terem recebido a notificação feita pelo DU Speed Booster, que alerta para o alto risco do PSafe. Depois disso, só desde janeiro, já foram mais de 700 mil desinstalações do PSafe para Android, no Brasil.

Em declarações ao site TechCrunch, o CEO da PSafe, Marco de Mello, disse que as táticas de competição do Baidu são demasiado agressivas: “Basicamente, estão chamando nosso app de vírus a cada cinco minutos, através de pop-ups no aplicativo deles”.

O CEO da PSafe afirma que estes ataques são pessoais, uma vez que o DU Speed Booster apenas pede para desinstalar o PSafe se o cartão SIM for de uma operadora brasileira. Caso o app seja usado a partir de uma ligação WI-FI, sem cartão SIM ou com um cartão de uma operadora estrangeira, a notificação não surge.

Ainda assim, esta batalha parece não se centrar só no mercado brasileiro. A DU Speed Booster faz parte do universo do Baidu, a PSafe é apoiada pela também chinesa Qihoo. As disputas entre as duas empresas já são conhecidas, uma vez que já trocaram vários argumentos e acusações por práticas questionáveis na China. A questão no mercado brasileiro pode tratar-se, assim, de um “campo de batalha” novo.

Entretanto, um juiz ordenou que o aplicativo do Baidu fosse retirado da loja do Google no Brasil e que fosse paga uma multa de R$ 100 mil por dia. Para além disso, o Baidu também obrigado a retificar suas mensagens junto dos usuários brasileiros.

O Baidu respondeu e, através de seu porta-voz, afirma que o ataque não foi dirigido especificamente ao PSafe e que a “etiqueta” de alto risco surgiu devido ao número de permissões que o aplicativo pede.

Entretanto, a notificação do DU Speed Boosters em relação ao PSafe foi aligeirada, passando de “alto risco” para “potencial risco”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor