Consultoria de inteligência fiscal Aliz anuncia novos sócios

Negócios

A Aliz, empresa de inteligência fiscal, sofreu alterações no quadro de administração com a saída de Cesar Pinela, deixando o controle a quatro sócios diretores. Soluções de tecnológicas como a Softway ou Mastersaf, ambas da Thomson Reuters, fazem parte do catálogo da Aliz, uma das maiores consultorias do país, focada no aconselhamento de empresas tendo

A Aliz, empresa de inteligência fiscal, sofreu alterações no quadro de administração com a saída de Cesar Pinela, deixando o controle a quatro sócios diretores.

home_primeira

Soluções de tecnológicas como a Softway ou Mastersaf, ambas da Thomson Reuters, fazem parte do catálogo da Aliz, uma das maiores consultorias do país, focada no aconselhamento de empresas tendo em vista a inteligência fiscal e a aplicação de ferramentas digitais avançadas.

Com um faturamento de R$ 24 milhões, no último ano, muito graças à parceria com a unidade TAX & Accounting da Mastersaf, a Aliz tem crescido, no Brasil, e precisa, por isso, de novo sangue na gestão da empresa. Cesar Pinela está abandonando a Aliz e vendendo o controle acionário que detinha.

Pinela explica, em comunicado: “desde a fundação da Aliz meu propósito era desenvolver um time de especialistas que levasse este projeto adiante. Os novos sócios, que ajudaram a construir uma empresa baseada em valores como conhecimento e inovação, são profundos conhecedores e especialistas em inteligência fiscal. Tenho certeza que este momento fortalece ainda mais a Aliz, trazendo renovação e impulso em sua trajetória de sucesso e liderança no mercado.”

Os novos sócios de que Cesar Pinela fala são Valerya Carvalho (diretora-presidente), Eduardo Lopes, (operações), Cesar Martins (comercial e relacionamento com o mercado) e Vera Pinela (inovação e conteúdo), que assumem o controle acionário de forma igualitária.

Um dos principais motivos que colocou a Aliz no mapa está relacionado com a SPED Brasil, uma rede colaborativa de informações sobre Fisco que reune mais de 40 mil usuários. Valerya Carvalho declara que “agora que o SPED é uma realidade, com todas as informações fiscais interligadas, a fiscalização será cada vez mais acirrada e as empresas precisarão ampliar a análise de seus sistemas legados e de sua exposição fiscal”. Essa necessidade leva, obrigatoriamente, à implementação de soluções digitais inteligentes, algumas das quais com qual a Aliz trabalha.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor