Estudo analisa estado do 4G no mundo

OperadorasRedes

Um estudo foi feito pela londrina OpenSignal, denominado The State of LTE, analisou aspectos como a velocidade e cobertura de 4G em vários países. A empresa conseguiu recolher a maior parte dos dados através de um aplicativo que, quando instalado nos dispositivos dos usuários, permitiu a construção de uma grande base de dados. Foram analisados

Um estudo foi feito pela londrina OpenSignal, denominado The State of LTE, analisou aspectos como a velocidade e cobertura de 4G em vários países.

celular-4g

A empresa conseguiu recolher a maior parte dos dados através de um aplicativo que, quando instalado nos dispositivos dos usuários, permitiu a construção de uma grande base de dados. Foram analisados dados de cerca de seis milhões de usuários de LTE, num período de três meses, entre novembro e janeiro.

A OpenSignal concluiu que Espanha tem a rede com maior velocidade, com uma média de 18 Mbps, ainda que a cobertura não seja a melhor. Já a Coreia do Sul oferece a melhor cobertura de LTE, com 99% de seu território coberto por esta tecnologia.

Em relação à velocidade de LTE, o Brasil fica no oitavo lugar dos países com LTE mais lento, numa escala de 29 países analisados, com 11 Mbps de velocidade média de download.

Foram também registradas as diferenças de velocidade entre operadoras: a Claro permite a ligação mais rápida, com 13 Mbps, seguida pela Oi, com 12 Mbps. Já a diferença para operadoras como a TIM ou a Vivo é clara, já que ambas contabilizam velocidades de download de 6 Mbps.

A Arábia Saudita é o país com internet móvel mais lenta, com apenas 3 Mbps por segundo.

Apesar de ser possível analisar os dados do relatório do site, não é possível fazer comparações com o relatório de 2014, já que a OpenSignal alterou seus métodos de contabilizar o estado da tecnologia LTE pelo mundo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor