Intel reduz previsões de receitas em US$ 900 milhões

GestãoNegóciosResultados

A Intel reduziu suas previsões de receitas para o primeiro trimestre, retificando a sua previsão inicial de US$ 13,7 bilhões. A previsão situa-se agora nos US$ 12,8 bilhões. Com a redução prevista, as ações da gigante caíram 4% na bolsa norte-americana, arrastando junto várias tecnológicas. “As mudanças nas previsões de receitas se devem a uma

A Intel reduziu suas previsões de receitas para o primeiro trimestre, retificando a sua previsão inicial de US$ 13,7 bilhões. A previsão situa-se agora nos US$ 12,8 bilhões.

intel fachada 3

Com a redução prevista, as ações da gigante caíram 4% na bolsa norte-americana, arrastando junto várias tecnológicas.

“As mudanças nas previsões de receitas se devem a uma demanda mais fraca do setor corporativo por PCs desktop e a um estoque mais baixo do que o esperando na cadeia de fornecimento de PC”, disse a companhia. “A empresa acredita que as mudanças na procura e nos padrões de inventário são causadas por uma atualização de Windows XP mais baixa do que seria esperado nas pequenas e médias empresas e uma economia cada vez mais desafiante e às condições das moedas, especialmente na Europa.”

O mercado de PCs tem vindo a cair nos últimos trimestres, conforme apontam previsões do Gartner, que aponta para um crescimento do mercado de tablets, que irão ultrapassar as vendas de PCs ainda este ano. A previsão para tablets expedidos durante 2015 é de 320 mil unidades, enquanto que o mercado de PCS se fica pelas 317 mil unidades.

O mercado brasileiro também não foge a este vento de mudança: em 2014, o mercado de PCs sofreu uma redução de 26%, de acordo com dados da IDC Brasil. Em 2015, a previsão da consultora é que a queda chega de 3%. Em causa está a diferença entre as moedas, que faz com que o consumidor invista noutro tipo de dispositivos, dificultando as vendas de PCs, de acordo com analistas da IDC.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor