Mercado negro digital some e dá calote milionário em clientes

Segurança

O Evolution, o maior mercado negro depois do finado Silk Road, sumiu da Deep Web (a parte obscura da internet, não acessível por meios normais) sem aviso, deixando seus fregueses desnorteados, sem “produtos” e sem dinheiro. Assim como o Silk Road, o Evolution é um centro de comprar de mercadoria ilícitas, em especial drogas, que

O Evolution, o maior mercado negro depois do finado Silk Road, sumiu da Deep Web (a parte obscura da internet, não acessível por meios normais) sem aviso, deixando seus fregueses desnorteados, sem “produtos” e sem dinheiro.

evolution market

Assim como o Silk Road, o Evolution é um centro de comprar de mercadoria ilícitas, em especial drogas, que depois de pagas com bitcoins, eram entregues pelo correio, normalmente dentro de caixinhas de DVD. Como eram usadas criptomoedas pela Deep Web, as transações eram irrastreáveis, consideradas pelos usuários mais seguras que ir fisicamente até um traficante.

Apesar das recentes ações da polícia internacional, que têm sistematicamente eliminado esses mercados negros, que se espelham pela Deep Web, o Evolution não foi vítima de nenhuma ação policial. Os usuários afirmam em fóruns públicos que foi um golpe arquitetado pela dupla que criou a alternativa ao Silk Road.

Usuários do Evolution e membros da equipe que operava o mercado ilícito estimam que os fundadores do mercado negro embolsaram o equivalente a US$ 12 milhões em bitcoins. O volume de dinheiro se justifica pois o Evolution também operava como intermediador de operações, permitindo o saque a qualquer momento.

E é essa operação de intermédio que dá dinheiro aos mercados negros. O problema é que, naturalmente, confiar em bandido nunca é uma boa ideia. São inúmeros os casos como o do Evolution, de mercados do tipo que se estabelecem, conseguem uma boa massa de usuário e do nada encerram suas operações, depois de captar uma boa soma de dinheiro.

E com quem os compradores vão reclamar? E os traficantes? Com a polícia é que não vai ser.

Apesar de não ter relação direta, esse é o tipo de incidente que dá às bitcoins a reputação negativa que afasta as empresas. Mesmo com uma tecnologia interessante, que atrai a atenção de gigantes como a IBM, o ecossistema da bitcoin, como é hoje, simplesmente não é confiável para merecer a aposta da reputação de uma grande corporação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor