Programa da SAP incentiva novos empreendedores com consultoria de gestão e tecnologia

EmpresasFornecedores de SoftwareGestãoNegóciosProjetosSkills

A SAP, em parceria com a Endeavor, apresentou durante o SAP Forum 2015 mais cinco empresas que serão apoiadas pelo Programa SAP Expoentes, uma iniciativa mundial da multinacional alemã que tem como objetivo estimular o empreendedorismo. Selecionadas pela Endeavor, uma das principais organizações de fomento ao empreendedorismo de alto impacto no mundo, as startups receberão

A SAP, em parceria com a Endeavor, apresentou durante o SAP Forum 2015 mais cinco empresas que serão apoiadas pelo Programa SAP Expoentes, uma iniciativa mundial da multinacional alemã que tem como objetivo estimular o empreendedorismo.

sap expoentes 2015

Selecionadas pela Endeavor, uma das principais organizações de fomento ao empreendedorismo de alto impacto no mundo, as startups receberão soluções de tecnologia da SAP para gestão empresarial e acesso a um pacote de benefícios exclusivos, como contato com mentores Endeavor e SAP para orientação em seus desafios de negócios e capital para tornarem-se ainda mais inovadoras.

“O SAP Expoentes é muito importante para a SAP. Ao apoiar empresas de alto impacto social estamos ajudando a construir a próxima geração de negócios e líderes, enquanto também melhoramos as condições de vida e oportunidades de trabalho em países emergentes. Isto é bom para os negócios e para a sociedade”, afirma Nicolette Van Exel, diretora global de Responsabilidade Social da SAP.

A Endeavor trabalhou junto com 50 empresas para avaliar o negócio de cada uma e escolher as dez melhores, com base no potencial de crescimento, inovação, impacto social e perfil do empreendedor. Em 2015, o programa premiou empresas dos segmentos de educação, tecnologia e saúde.

Os selecionados para o programa Expoentes SAP foram:

  • Livox (Recife-PE) – empresa do segmento de Negócios Sociaisque desenvolve produtos, soluções, serviços e treinamentos para viabilizar a inclusão social e a acessibilidade de pessoas com necessidades especiais ao convívio familiar e social. Desenvolveu o Livox®, primeiro software de comunicação alternativa para tablets em português.
  • Mosyle (Campinas – SP) – Com sede no Brasil e em expansão para os Estados Unidos e América Latina, atua no setor de novas tecnologias aplicadas à educação. Desenvolve uma plataforma educacional que permite instituições de ensino proporcionarem o ambiente e a experiência ideais de aprendizagem com os tablets na sala de aula, guiando os alunos para o ponto mais alto do ensino personalizado.
  • Descomplica (Rio de Janeiro – RJ) – com atuação no setor de educação – é um site com foco no conteúdo do ensino médio, que prepara estudantes de todo o Brasil para grandes vestibulares, como o ENEM. Oferece vídeo-aulas com didática simples e objetiva, tornando o conteúdo acessível para qualquer pessoa.
  • Geekie (São Paulo – SP) – com atuação no setor de educação – usando como meio a tecnologia, oferece soluções integradas para escolas de ensino básico e instituições de ensino superior, adaptando o ensino ao perfil de cada aluno o que proporciona uma aprendizagem mais adequada às características e necessidades de cada um.
  • Dr. Consulta (São Paulo – SP) – Atuação no setor de saúde – a rede de 5 clínicas médicas presta serviços de saúde básica, como consultas e exames, para pessoas sem acesso ao sistema de saúde. O dr. Consulta quebra paradigmas ao oferecer um serviço de alta qualidade e acessível para todos.

Segundo a diretora da Endeavor Brasil, Leticia Queiroz, a instituição apoia mais de 200 negócios no Brasil ao lado de empresas parceiras como a SAP, que contribuem com o “sonho grande” da Endeavor de ter um Brasil com empreendedores maiores e melhores.

“Dados de um estudo da Endeavor em parceria com o IBGE revelam que as Empresas de Alto Crescimento (EACs) representam apenas 0,8% do total de empresas existentes no Brasil, mas são responsáveis por gerar quase 60% dos empregos criados entre 2010 e 2012 – o que significa 3,3 milhões de novos postos de trabalho. Imagine o impacto na economia brasileira se triplicarmos o número de negócios com esse perfil?”, explica Letícia.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor