PT SGPS pondera renegociar termos de negócio com a Oi

OperadorasRedes

A PT SGPS quer renegociar os termos da combinação de negócio que tem com a operadora brasileira Oi, caso o processo não esteja concluído até dia 31 de março. A Oi mostra-se confiante de que a troca de ações estará concluída dentro do prazo.  A informação desta decisão foi avançada pelo português Jornal de Negócios,

A PT SGPS quer renegociar os termos da combinação de negócio que tem com a operadora brasileira Oi, caso o processo não esteja concluído até dia 31 de março. A Oi mostra-se confiante de que a troca de ações estará concluída dentro do prazo. 

pt

A informação desta decisão foi avançada pelo português Jornal de Negócios, que indica que esta data terá sido um acordo entre as duas operadoras.

Esta decisão terá sido tomada durante a reunião extraordinária do conselho de administração da PT SGPS, nesta terça-feira. O objetivo terá sido discutir a opção a seguir caso a concretização de negócio não aconteça até ao final desse mês.

Também de acordo com informação do Negócios, as conversações entre Oi e PT SGPS começaram esta quarta-feira, no Rio de Janeiro, já que a PT SGPS parece não estar convencida de que o negócio esteja concluído a tempo.

A PT SGPS tem uma participação de 25,6% na Oi, mas já teve maior porcentagem. Devido ao incumprimento causado pelo polémico investimento de quase 900 milhões de euros na Rioforte, a participação de 37,3% foi reduzida.

A Oi tem assembleia-geral de acionistas marcada para o próximo dia 26 de março, para aprovação da permuta de ações e a transferência dos títulos da dívida da Rioforte.

A principal dúvida da PT SGPS em relação a prazos parece residir na última fase do negócio – a criação e entrada em bolsa da CorpCo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor