Universidades têm número recorde de acesso à internet sem fio

MobilidadeProjetosSetor Público

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) investiu no aumento dos pontos de acesso ao “eduroam”, serviço de acesso à internet sem fio, desenvolvido para a comunidade internacional de educação e pesquisa, diz o Portal Brasil. Ao todo, 1.089 pontos estão distribuídos em mais de 40 instituições em todo o país. Em fevereiro, a

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) investiu no aumento dos pontos de acesso ao “eduroam”, serviço de acesso à internet sem fio, desenvolvido para a comunidade internacional de educação e pesquisa, diz o Portal Brasil.

acesso wi-fi universidade

Ao todo, 1.089 pontos estão distribuídos em mais de 40 instituições em todo o país. Em fevereiro, a eduroam anunciou ter registado a marca de mais de um milhão de autenticações em roaming no Brasil.

Lançada no Brasil em 2012, a iniciativa permite que os estudantes, os pesquisadores e as equipes das instituições participantes obtenham conectividade à Internet, através de conexão sem fio (Wi-Fi), dentro de seus campi e em qualquer localidade que ofereça essa facilidade como provedora de serviço.

De acordo com Klaas Wierenga, responsável por compartilhar a ideia inicial de criação do serviço que originou o eduroam, parabenizou a RNP pelo marco. “Parabéns por essa fantástica conquista. O tempo que levamos para realizar na Europa, a RNP e o Brasil fizeram em apenas alguns anos”, ressaltou Wierenga.

Com o aumento dos pontos de acesso no ano passado, a América Latina passou a ser a segunda região do mundo com maior cobertura do eduroam, ficando atrás apenas da Europa, onde o serviço foi concebido.

Com uma rede Wi-Fi segura, o serviço permite que seus usuários se conectem à internet em qualquer localidade que possua pontos de acesso do eduroam, sendo a autenticação realizada com as credenciais da instituição de origem do usuário.

Assim, uma das vantagens do serviço, operado pela RNP no Brasil, é oferecer segurança e mobilidade aos pesquisadores e demais usuários. Além de autenticação segura, o serviço também está integrado à Comunidade Acadêmica Federada (CAFe).

A Comunidade Acadêmica Federada (CAFe) é uma federação de identidade que reúne instituições de ensino e pesquisa brasileiras. Através da CAFe, um usuário mantém todas as suas informações na instituição de origem e pode acessar serviços oferecidos pelas instituições que participam da federação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor