Amazon conquista comerciantes do eBay

E-commercee-MarketingNegócios

O eBay está a perder terreno para a Amazon. Comerciantes que eram leais à plataforma de leilões online estão migrando seus negócios para a gigante do comércio eletrônico, alegando que no espaço da Amazon conseguem obter maior lucro. Em 2014, a base de comerciantes da Amazon chegava aos dois milhões, ao passo que a da

O eBay está a perder terreno para a Amazon. Comerciantes que eram leais à plataforma de leilões online estão migrando seus negócios para a gigante do comércio eletrônico, alegando que no espaço da Amazon conseguem obter maior lucro.

Amazon

Em 2014, a base de comerciantes da Amazon chegava aos dois milhões, ao passo que a da eBay se mantém nos 25 milhões há dois de anos. Como reportou a Bloomberg, os comerciantes acreditam que as vendas são potencializadas se negócios estiverem em ambas as plataformas.

Com uma base de usuários que em 2014 chegava aos 270 milhões, segundo o Statistica, os usuários conseguem alcançar uma audiência mais vasta. Comparativamente, os usuários ativos do eBay em 2014 chegavam aos 155,2 milhões.

O CEO da Vivo Technology, Chance Knapp, afirmou que no último ano viu suas vendas subirem 10% na Amazon, ao passo que perdia 10% no eBay.

John Donahoe, diretor executivo do site de leilões, aponta como razão para a diminuição de tráfego no eBay a forma como o Google gere os resultados do comércio online. Por outro lado, o eBay prepara-se para este ano abrir mão do PayPal, uma jogada que o investidor irreverente Carl Icahn tem defendido há muito, dizendo que o serviço de pagamentos online não é suficientemente rentável para ser mantido sob a alçada do eBay.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor