Falha em iPads causa atraso em aviões da American Airlines

HOMESoftware

Dezenas de aviões da American Airlines, em especial da frota de Boeings 737 da companhia aérea norte-americana, deixaram de decolar por causa de uma pane no software dos iPads que equipam as cabines de comando dos aviões. Os tablets, que rodam um software especializado desenvolvido pela Jeppesen, uma divisão da Boeing Digital Aviation, ficaram com as telas

Dezenas de aviões da American Airlines, em especial da frota de Boeings 737 da companhia aérea norte-americana, deixaram de decolar por causa de uma pane no software dos iPads que equipam as cabines de comando dos aviões.

aa ipad

Os tablets, que rodam um software especializado desenvolvido pela Jeppesen, uma divisão da Boeing Digital Aviation, ficaram com as telas travadas, impossibilitando o acesso aos mapas e cartas de navegação.

Ao USA Today, a American admitiu o problema e explicou que alguns pilotos precisaram retornar com as aeronaves aos portões de embarque para reconectar via Wi-Fi e restaurar o software de navegação.

No Twitter, várias pessoas relataram o ocorrido, após comunicação da tripulação, justificando o atraso na decolagem. Foi de um suposto comentário da tripulação que veio a informação que toda a frota de 737s teria sido afetada.

A American Airline, há aproximadamente dois anos, decidiu substituir os manuais aéreos impressos por versões digitais embarcadas em iPads, tanto para facilitar a vida das tripulações quanto para economizar. Pelas estimativas da companhia, anualmente, a troca equivaleria a US$ 1,2 milhões anualmente.

Depois de receber a aprovação da FAA (Administração Federal de Aviação norte-americana), a companhia embarcou cerca de 8 mil tablets da Apple em suas aeronaves, eliminando quase 16 quilos de papel por avião. A American havia sido a pioneira entre as grandes companhias a digitalizar sua documentação de bordo. Até agora, nenhum problema havia ocorrido.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor