Palo Alto Networks Lança Serviço de Inteligência de Combate às Ameaças Cibernéticas

Segurança

A Palo Alto Networks anunciou o lançamento do serviço de inteligência AutoFocus de combate às ameaças cibernéticas direcionadas, que analisa o contexto de uma ameaça, verifica a origem e a singularidade de um malware específico e a relevância da ameaça para a organização. De acordo com a empresa, profissionais de tecnologia recebem um volume enorme de

A Palo Alto Networks anunciou o lançamento do serviço de inteligência AutoFocus de combate às ameaças cibernéticas direcionadas, que analisa o contexto de uma ameaça, verifica a origem e a singularidade de um malware específico e a relevância da ameaça para a organização.

segurança

De acordo com a empresa, profissionais de tecnologia recebem um volume enorme de dados de segurança e alertas diários a partir de uma ampla variedade de ferramentas e dispositivos implantados em toda a organização. Este vasto conjunto de informações – com pouco ou nenhum contexto – torna difícil a identificação de ataques exclusivos, direcionados para a sua organização.

Com o serviço AutoFocus, os profissionais passam a ter acesso instantâneo a uma base de inteligência derivada de milhares de milhões de recursos de análise de arquivos coletados a partir de mais de 5.000 empresas globais, prestadores de serviços e órgãos do governo.

O serviço de inteligência AutoFocus é capaz de:

• Expor as mais recentes táticas, técnicas e procedimentos utilizados pelos atacantes;

• Identificar ataques direcionados de adversários específicos;

• Identificar como agem as ameaças específicas em uma campanha mais ampla; e

• Distinguir as ameaças convencionais das ameaças altamente personalizadas.

Esses recursos avançados permitem que os clientes identifiquem rapidamente os ataques altamente segmentados, consigam aplicar recursos apropriados para enfrentá-los e tomem medidas imediatas para proteger os ativos críticos.

“O serviço de inteligência AutoFocus permite que as equipes de segurança possam acelerar o tempo para identificar e prevenir cyber ataques direcionados e avançados. Ao colocar ameaças cibernéticas em um contexto que fala especificamente à sua rede e à sua indústria, é possível detectar a ameaça e tomar medidas de combate. O novo serviço da companhia provê análise profunda a um grande conjunto de dados agregados. Estamos ajudando clientes em todo o mundo a terem uma abordagem mais estratégica para garantir a segurança de suas organizações”,  afirmou em comunicado Lee Klarich, vice-presidente sênior de Gerenciamento de Produtos da Palo Alto Networks.

As características principais do AutoFocus incluem:

• alertas de prioridade – alertas de prioridade de alvo, ataques avançados baseados em análise estatística e recursos de inteligência humana a partir da Unidade 42, a Equipe de Pesquisa de Ameaça da Palo Alto Networks. A Unidade 42 considera indicadores da própria rede do cliente, bem como uma comunidade global de especialistas em segurança cibernética.

• contexto do ataque – um painel de controle baseado na web fornece as ferramentas para investigar rapidamente o contexto de ataques, adversários e campanhas, incluindo ataques contra a sua indústria específica.

• inteligência de ameaças de alta fidelidade – AutoFocus incorpora bilhões de recursos de análise de arquivos provenientes de mais de 5.000 empresas globais, prestadores de serviços e órgãos governamentais – rotineiramente alvos de ataques direcionados.

O serviço de inteligência de ameaças AutoFocus estará disponível em abril, para um grupo limitado de clientes Palo Alto Networks, cadastrados em um programa de acesso à comunidade. Os interessados devem se inscrever online no programa. Preço e disponibilidade geral do serviço AutoFocus estão previstos para o segundo semestre de 2015.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor