Pure Storage fecha ano fiscal com crescimento substancial

Data StorageEmpresasNegóciosStorage

A Pure Storage, especializada em armazenamento em estado sólido, anunciou seu desempenho em 2014, ano em que reforçou sua liderança no mercado de armazenamento corporativo. A empresa teve crescimento de receita superior a 300% no exercício encerrado em janeiro de 2015, aumento de 200% na base de clientes, adição de US$ 225 milhões de investimento

A Pure Storage, especializada em armazenamento em estado sólido, anunciou seu desempenho em 2014, ano em que reforçou sua liderança no mercado de armazenamento corporativo. A empresa teve crescimento de receita superior a 300% no exercício encerrado em janeiro de 2015, aumento de 200% na base de clientes, adição de US$ 225 milhões de investimento e mais que o dobro de funcionários (850).

Pure Storage flash

A Pure Storage foi pioneira na tecnologia de armazenamento totalmente em flash, aliando tecnologia de hardware e software, oferecendo um desempenho superior, que alia custo e benefício. Empresas dos mais variados segmentos e tamanhos se beneficiam da simplicidade, confiabilidade e acessibilidade das soluções Pure Storage, como governos, hospitais, escolas e ONGs. Entre nossos clientes estão Sierra Nevada, Skullcandy, Workday, Shutterfly e LinkedIn.

Em 2014, o Gartner posicionou a Pure entre os Líderes do Quadrante Mágico inaugural para Matrizes de Estado Sólido, o que indica que a empresa possui participação de mercado, credibilidade e as capacidades de marketing e vendas necessárias para impulsionar a aceitação de novas tecnologias.

“A Pure Storage está revolucionando o armazenamento corporativo de dados”, disse em comunicado o CEO da empresa, Scott Dietzen. “Nosso sucesso em 2014 é resultado da transformação que oferecemos aos nossos clientes – tornando-os mais rápidos, eficientes e eficazes, ao mesmo tempo em que reduzem custos. Estamos em posição única para entregar, com excelente custo/benefício, todo o desempenho da memória flash, com suporte a modernos data centers orientados para a nuvem, removendo décadas de complexidade acumulada com o antiquado armazenamento mecânico”.

A companhia entregou em 2014 mais de mil matrizes a clientes em 25 países. Também expandiu seu portfólio de propriedade intelectual para mais de 300 patentes e pedidos, incluindo 150 patentes e solicitações adquiridas da IBM.

Outra conquista da empresa no ano fiscal foi o início das operações no Brasil e no México, além da contratação de grandes nomes, como Tim Riitters, CFO (ex-Google), Kevin Delane, VP de Contas Globais e Alianças Estratégicas (ex-EMC), Wilson Grava, VP América Latina e Caribe (ex-NetApp) e Michael Alp, VP Ásia-Pacífico e Japão (ex-Polycom), entre outras contratações de peso no começo de 2015.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor