Receitas da IBM caem pelo 12º trimestre seguido

Business IntelligenceData StorageGestãoNegóciosResultados

A receita da International Business Machines (IBM) recuou cerca de 12 por cento no primeiro trimestre, enquanto a empresa de tecnologia continua se desfazendo de negócios não lucrativos para focar em iniciativas de computação em nuvem, avançou a agência Reuters. As ações da maior empresa de serviços de tecnologia operavam marginalmente em queda no after-market.

A receita da International Business Machines (IBM) recuou cerca de 12 por cento no primeiro trimestre, enquanto a empresa de tecnologia continua se desfazendo de negócios não lucrativos para focar em iniciativas de computação em nuvem, avançou a agência Reuters.

ibm6

As ações da maior empresa de serviços de tecnologia operavam marginalmente em queda no after-market.

Foi o décimo segundo trimestre seguido que a companhia teve queda nas receitas trimestrais, incluindo efeitos do câmbio.

As receitas têm encolhido, enquanto a empresa se desfaz de negócios de baixa lucratividade como caixas eletrônicos, servidores low-end e semicondutores, e se foca em áreas emergentes como software de segurança e computação em nuvem.

Mas os novos negócios até agora não conseguiram compensar a perda de receita com os desinvestimentos.

A IBM também disse esperar impacto de 7 por cento do câmbio no ano. Anteriormente, esperava impacto de 5 a 6 por cento.

O lucro líquido caiu levemente a 2,33 bilhões de dólares, ou 2,35 dólares por ação, no primeiro trimestre, ante 2,38 bilhões de dólares, ou 2,29 dólares por ação, um ano antes.

Em bases ajustadas, a companhia teve lucro líquido de 2,91 dólares por ação.

As receitas totais caíram de 22,2 bilhões para 19,6 bilhões de dólares..

A média dos analistas esperava lucro de 2,80 dólares por ação e receitas de 19,64 bilhões de dólares.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor