Telefónica lança competição para aplicativos educacionais

ComponentesEmpresasEscritórioMobilidadeNegóciosOperadorasRedesSoftware

A Telefónica Educación Digital divulgou um concurso internacional batizado de Mobile for Change, que servirá como uma incubadora de fomento ao desenvolvimento de aplicativos móveis especificamente voltado à educação. A empresa conta com o apoio da gigante de processadores, Qualcomm e o patrocínio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a

A Telefónica Educación Digital divulgou um concurso internacional batizado de Mobile for Change, que servirá como uma incubadora de fomento ao desenvolvimento de aplicativos móveis especificamente voltado à educação.

data

A empresa conta com o apoio da gigante de processadores, Qualcomm e o patrocínio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, a Unesco. Os participantes interessados deverão inscrever aplicativos móveis relacionados a educação, empreendedorismo, estilos de vida saudáveis, arte, criatividade, sustentabilidade ambiental, segurança pública, inclusão social e o empoderamento da mulher.

O desenvolvimento dos apps deve usar a tecnologia AllJoyn, que é um software livre e de código aberto da AllSeen Alliance. Além do programa, o aplicativo também precisa utilizar a plataforma Qualcomm Vuforia e o ambiente de desenvolvimento para dispositivos Android, chamado App Inventor.

Os participantes poderão fazer cursos gratuitos online em Desenvolvimento de Aplicativos Móveis de Realidade Aumentada e P2P, e Empreendimento e App Inventor, que estão hospedados na plataforma Miríada X. A competição se divide em três categorias. Uma mais genérica, na qual todos os Apps participam, e duas subdivisões. Uma em que poderão participar os apps com foco no empoderamento da mulher e outra destinada às aplicações criadas por jovens entre 18 e 25 anos.

Serão nove premiações no total, três em cada categoria. O primeiro prêmio de cada categoria será a promoção do vencedor e seu App em um evento internacional, o que na prática inclui passagens aéreas, hospedagem e uma quantia no valor de € 1,5 mil euros (cerca de R$ 4,7 mil).

Os premiados também receberão um equipamento de informática novo e cursos de formação na área de tecnologia e desenvolvimento de programas. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de maio, no site oficial do concurso. Um dia depois, em 16 de maio começam as votações entre os participantes. Os 10 Apps mais votados de cada categoria passarão à fase final para serem julgados por um júri. Os vencedores serão anunciados em uma data final, dia 26 de junho.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor