Vendas da SAP têm alta no primeiro trimestre

EmpresasFornecedores de SoftwareHOMENegóciosProjetosSoftware

A SAP Brasil anunciou que as vendas da solução de processamento de dados em tempo real SAP HANA subiram três dígitos, ante o mesmo período de 2014. Uma das surpresas para o resultado foi a performance da recém lançada geração da solução, S/4HANA, que ganhou capacidades nativas em nuvem. Já entre os negócios fechados pela

A SAP Brasil anunciou que as vendas da solução de processamento de dados em tempo real SAP HANA subiram três dígitos, ante o mesmo período de 2014. Uma das surpresas para o resultado foi a performance da recém lançada geração da solução, S/4HANA, que ganhou capacidades nativas em nuvem.

sap

Já entre os negócios fechados pela gigante de software nos primeiros três meses deste ano estão as vendas feitas ao Ceitec, empresa pública vinculada ao Ministério das Ciências e Tecnologia e que atua no segmento de semicondutores, o Instituto de Resseguros do Brasil (IRB) e a Diagnósticos da América S.A. (DASA), maior corporação de medicina diagnóstica da América Latina.

Todos esses clientes já utilizam a solução SAP S/4HANA. A DASA adquiriu também a aplicação de gestão de capital humano da SAP, SuccessFactors, para integrar a gestão de pessoas, com capacidade de suportar o crescimento dos negócios da empresa de diagnósticos, o que deve acompanhar a estratégia de expansão preparada pela empresa para o mercado de health care internacional.

Presidente da SAP Brasil desde 2013, Cristina Palmaka indica que o SAP S/4HANA é o principal lançamento de soluções da empresa previsto para 2015. “Além disso, o Brasil foi o primeiro país a ter um cliente do setor público, a Ceitec, a adotar a aplicação. Isso tudo mostra que estamos preparados para atender a uma necessidade das empresas brasileiras que buscam ser mais eficientes e produtivas”, diz ela.

A executiva aponta para uma estratégia da SAP em ser uma empresa de computação em nuvem, já que esse nicho continua apresentando um bom desempenho nas vendas de aplicações de negócio e serviços. “A nuvem é fundamental para a simplificação dos negócios, porque uma solução que é utilizada por gigantes do mercado global pode perfeitamente rodar em empresas de menor porte, ou seja, a tecnologia cloud democratiza o acesso à inovação para que nossos clioentes consigam competir melhor e com isso crescer”, destaca.

Outras três áreas atendidas pela empresa alemã se destacaram no primeiro trimestre. Varejo e Serviços Financeiros registraram elevação de dois dígitos e o Setor Público demonstrou aumento da demanda de aproximadamente quatro dígitos.

Na região da América Latina, um dos destaques foi o segmento de computação em nuvem, que teve um crescimento de dois dígitos, com altas registradas praticamente em todos os países. Ao mesmo tempo, o bom desempenho do território latino foi sustentado pelo aumento das vendas de licenças de software, puxados especificamente por Brasil e México.

Uma das principais apostas de crescimento da SAP na região é o ecossistema de parceiros e canais que representam 35% da receita da região. “As empresas estão cada vez mais descobrindo que as novas tecnologias são o caminho para simplificar as operações e obter melhorias na gestão dos negócios”, afirma Rodolpho Cardenuto, presidente da SAP América Latina.

Ele finaliza, ressaltando que a experiência de 20 anos da empresa na região é essencial para alcançar os 28.300 clientes atendidos. “A estratégia para nos tornarmos uma empresa de cloud, apoiada pelo poder do SAP HANA, estão gerando resultados positivos na região da América Latina”, conclui Cardenuto.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor