Equinix aceita pagar US$ 3,6 bilhões para compra do Telecity Group

CloudData StorageNegócios

A companhia norte-americana que administra data centers em todo o mundo conseguiu fechar um acordo para a aquisição da concorrente britânica Telecity Group, que deve ajudá-la a entrar nos mercados europeus de centros de dados. De acordo informações confirmadas pela agência Reuters na Grã-Bretanha com fontes familiarizadas com a fusão, será criado o maior player

A companhia norte-americana que administra data centers em todo o mundo conseguiu fechar um acordo para a aquisição da concorrente britânica Telecity Group, que deve ajudá-la a entrar nos mercados europeus de centros de dados.

Equinix headquarters

De acordo informações confirmadas pela agência Reuters na Grã-Bretanha com fontes familiarizadas com a fusão, será criado o maior player de centros de dados de toda a Europa. Na manhã de hoje o porta-voz da companhia no continente europeu, Jim Huseby, confirmou a conclusão da oferta.

O preço do negócio ficou em US$ 3,6 bilhões, quantia já esperada por analistas de mercado. A própria Equinix já tinha tentativa uma oferta não concretizada no final do ano passado, com uma quantia de £ 2 bilhões, algo em torno de US$ 3 bilhões, para convencer a Telecity a entrar nas negociações.

As ações da Telecity no índice FTSE 100, da London Stock Exchange, a bolsa inglesa, terminaram o dia de ontem avaliadas em £ 1.9 mil por ação, o que representa um valor de mercado de aproximadamente £ 2,2 bilhões, ou seja, US$ 3,3 bilhões. Procurada, a Equinix indicou pelo seu diretor na Europa, Oriente Médio e África, Erik Schwartz, que planeja operar globalmente e para isso a Telecity ajudará na sua presença em mercados como o Reino Unido, a Irlanda e toda a região nórdica.

Fundada em 1998 em Redwood City, no estado da California (EUA), a Equinix opera mais de 100 data centers em 33 países localizados nos cinco continentes. A administradora de centros de dados gastou US$ 482 milhões de dólares em 2007, para a compra de IXEurope, uma empresa que presta serviços de colocation no velho continente.

Sinal claro de que a compra deve auxiliar intensivamente a sua entrada na Europa, a Equinix já havia assumido publicamente que a compra da Telecity lhe daria capilaridade em localidades como a própria Grã-Bretanha, incluindo a City, centro financeiro de Londres. Além disso, o sucesso nas negociações também será uma forma de expandir a presença em cidades europeias como Dublin, na Irlanda, Milão, na Itália, Istambul, na Turquia, Estocolmo, na Suécia, Helsinque, na Finlândia e Varsóvia, capital da Polônia.

Já a Telecity anunciou em fevereiro a compra da rival holandesa Interxion Holding NV, um acordo avaliado em cerca de US$ 2,2 bilhões. O negócio, no entanto, não foi concluído, barrado pelo interesse da Equinix na própria Telecity.

A alegação da norte-americana era de que o negócio com a Telecity criaria uma combinação “muito mais atraente e capaz de entregar maior valor aos acionistas ingleses, do que a proposta de fusão entre o Telecity Group e a Interxion”. o Telecity Group não respondeu a um pedido de entrevista sobre o assunto, feito pela agência Reuters na Inglaterra.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor