Escândalo derrete valor de mercado da Toshiba em tempo recorde

EmpresasLaptopsMobilidadeNegócios

A gigante japonesa Toshiba teve desvalorização recorde na Bolsa de Tóquio ontem, chegando a 17%. Foram perdidos o equivalente a US$ 2,5 bilhões. O motivo da venda desenfreada foi uma investigação contábil na empresa, que fez os investidores se afastarem de forma nunca vista. No fechamento do pregão de sexta, a companhia havia comunicado que

A gigante japonesa Toshiba teve desvalorização recorde na Bolsa de Tóquio ontem, chegando a 17%. Foram perdidos o equivalente a US$ 2,5 bilhões. O motivo da venda desenfreada foi uma investigação contábil na empresa, que fez os investidores se afastarem de forma nunca vista.

toshiba_hq

No fechamento do pregão de sexta, a companhia havia comunicado que aprofundaria a investigação interna, logo após o anúncio do cancelamento da distribuição de dividendos, além de negar os números que apontavam lucros para o ano fiscal.

A queda foi tão expressiva que disparou o mecanismo de segurança da Bolsa, que interrompeu a venda dos papéis por um tempo, retomando depois para evitar uma desvalorização maior. Ao fim do dia, as ações da Toshiba fecharam com queda de 16,6%.

Em Abril, a companhia havia avisado que alguns custos de projetos de infraestrutura de 2012/13 haviam sido reportados de forma errônea, afetando o balanço fiscal. Na sexta, comunicou que havia encontrado ainda mais irregularidades, incluindo a omissão de perdas significativas relacionadas a seus negócios com construção civil.

Em 2013, a companhia havia revelado que a Toshiba Medical Information System, sua divisão médica, havia maquiado seus resultados por vários anos.

A Toshiba tem um portfólio de negócios vasto. Faz reatores nucleares, chips de computador e memória, eletrônicos de consumo e aparelhos industriais.

O problema começou a ficar sério quando a companhia demorou para exibir os resultados de 2014, o que levou o mercado a extrapolar a possibilidade do incidente de 2013 ser parte de algo maior. Com a confirmação, não só houve uma reação abrupta, como também há a descrença de que a Toshiba se recupere no curto prazo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor