Mediatek anuncia processador com dez núcleos

ComponentesEscritórioMobilidadeNegóciosOperadorasRedes

Fabricante taiwanesa e vice-líder em processadores para smartphones e tablets em todo o mundo, a MediaTek anunciou o lançamento de um novo modelo de chipset, batizado de Helio X20. Ele é o primeiro deca-core, um processador com dez núcleos de capacidade em um smartphone projetado pela companhia. De acordo com a companhia, a geração de

Fabricante taiwanesa e vice-líder em processadores para smartphones e tablets em todo o mundo, a MediaTek anunciou o lançamento de um novo modelo de chipset, batizado de Helio X20. Ele é o primeiro deca-core, um processador com dez núcleos de capacidade em um smartphone projetado pela companhia.

X20

De acordo com a companhia, a geração de processadores Helio X20 deve trazer para smartphones tem como atributo uma maior capacidade de gestão no gasto de bateria. Isso porque, uma das maiores queixas de usuários de chipsets não só da asiática, mas também das norte-americanas Qualcomm e Intel é a gestão eficiente de bateria, capaz de dar maior performance computacional, gastando menos energia.

Segundo a Mediatek, os dois núcleos adicionais são comparados a marchas de um automóvel. Não trazem mais potência e sim mais tração, ou seja, maior eficiência energética. A informação inicial da companhia dá conta de um ganho em trono de 30% na eficiência do Helio x20, em comparação com concorrentes octa-core.

Em uma conversa recente com a B!T Magazine, durante o lançamento da família de smartphones de gama-média da LG, no último mês, o diretor de vendas e marketing da companhia para América Latina, Sergio Abramoff, disse que apesar da companhia se posicionar de modo bastante confortável entre os aparelhos intermediários, a empresa gostaria de tomar a liderança, de repente, com um modelo top de linha.

“Todo mundo nos conhece pelos processadores que funcionam muito bem, em aparelhos intermediários de marcas como a brasileira Positivo, a chinesa Xiaomi e diversas fabricantes como LG, Samsung, Yezz e Blu Products, que utilizam em grande maioria os nosso produtos, mixados com os produtos da nossa principal concorrente [a Qualcomm]. No entanto, temos bons chipsets topo de linha, que são utilizados pelos clientes em países da Ásia, da Europa e também no Brasil e na Índia”, disse ele à época.

Uma outra novidade que vem com a novidade da Mediatek, está a separação dos núcleos de processamento em três grupos, não em dois. O primeiro, mais potente, traz dois núcleos rodando a 2,5 GHz para tarefas que exigem maior capacidade de processamento. Os outros dois grupos contam com quatro núcleos cada um – totalizando dez. Um vem com quatro núcleos de 2,0 GHz e outro com núcleos de 1,4 GHz. Todos são ARM Cortex.

O Helio X20 substitui o Helio X10, com oito núcleos e que está no mercado embarcado em smartphones desde março último. A previsão da MediaTek é que os novos processadores deca-core apareçam em equipamentos até o final de 2015. O uso do Helio X20, é claro, depende das clientes fabricantes, que ainda precisam homologar o chipset e aplicar em seus projetos ainda em desenvolvimento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor