Qualcomm e Daimler testam tecnologia de carregamento sem fio

ComponentesEscritórioMobilidadeNegóciosRedes

Famosa pelo desenvolvimento e fabricação de chipsets para smartphones e tablets, a norte-americana Qualcomm pesquisa o carregamento rápido e eficaz de baterias há anos e agora une esforços com grupo alemão dono da Mercedes-benz com o intuito de desenvolver um sistema que permita cargas mais rápidas e eficientes, de forma segura. Ambas anunciaram o acordo

Famosa pelo desenvolvimento e fabricação de chipsets para smartphones e tablets, a norte-americana Qualcomm pesquisa o carregamento rápido e eficaz de baterias há anos e agora une esforços com grupo alemão dono da Mercedes-benz com o intuito de desenvolver um sistema que permita cargas mais rápidas e eficientes, de forma segura.

Mercedes-Benz Hybrid

Ambas anunciaram o acordo no sábado, durante o dia de testes no GP de Mônaco da Fórmula 1. A parceria quer explorar a recarga sem fio de carros elétricos, além do abastecimento de energia em smartphones nesses carros, também via tecnologia wireless. O empenho da Qualcomm em obter sucesso nessa seara já aparece em alguns aparelhos com chipsets Qualcomm, que já conseguem, por exemplo, recarregar quase 80% da bateria em apenas uma hora, como a segunda geração do Moto X, da Motorola.

A corrida para desenvolver baterias e carregadores eficientes ocorre em um momento no qual as indústrias de tecnologia e automobilismo querem destravar o uso de veículos elétricos, já que eles nunca se popularizaram justamente por conta das dificuldades em se carregar os automóveis rapidamente e com larga autonomia de uso, sem que fosse comprometida a integridade dos bancos de energia.

A medida de ambas as companhias faz parte de um esforço para que empresas como a própria Mercedes e suas rivais alemãs BMW e Audi adquiram expertise em softwares e telecomunicações, para que os automóveis das próximas gerações utilizem artigos de alta tecnologia em emissões de poluentes perto de zero, em motores que precisam ser cada vez mais diminutos, com maior eficiência energética.

Em uma declaração conjunta, Daimler e Qualcomm informaram que avaliam a aplicação da tecnologia sem fio para carregar seus veículos 100% elétricos e com motores híbridos – chamada nos carros Mercedes-benz de Plug-in Hybrid Blue Efficiency – que mesclam motores à combustível líquido e energia elétrica, esses últimos, que desobrigam a recarga em uma fonte voltaica, já que a relação entre aceleração, frenagem e desaceleração, cuidam de encher o banco de energia do automotor.

“É importante que permaneçamos na vanguarda da tecnologia e continuar a oferecer experiências ainda não conhecidas, e portanto inovadoras, para todos os nossos clientes”, afirmou o membro do conselho de pesquisa e desenvolvimento da Daimler, Thomas Weber, ao canal de esportes ESPN, durante o Grande Prêmio europeu. E complementou, “Com isso em mente, nós estamos ansiosos para explorar conjuntamente as possíveis áreas de cooperação futura com uma empresa internacional líder de tecnologia como a Qualcomm”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor