Resource IT Solutions adota home office como modelo de trabalho

EmpresasNegócios

Atenta às últimas tendências de gestão, a Resource IT Solutions iniciou um programa de teletrabalho com o objetivo de alcançar mais produtividade e qualidade de vida para os funcionários, que já apresenta os primeiros resultados positivos. De acordo com o estudo Global Evolving Workforce, os resultados obtidos com profissionais que trabalham em casa são significativos:

Atenta às últimas tendências de gestão, a Resource IT Solutions iniciou um programa de teletrabalho com o objetivo de alcançar mais produtividade e qualidade de vida para os funcionários, que já apresenta os primeiros resultados positivos.

Man reading document in front of laptop computer
Man reading document in front of laptop computer

De acordo com o estudo Global Evolving Workforce, os resultados obtidos com profissionais que trabalham em casa são significativos: 49% sentem menos estresse, 45% dirigem menos e 52% têm mais tempo para a família. Se antes, o home office era algo distante, hoje em dia é uma realidade cada vez mais necessária no estilo de vida das pessoas que vivem em grandes centros urbanos.

Atualmente, aproximadamente 100 profissionais que atuam nas áreas de backoffice dos departamentos financeiro, contabilidade, recursos humanos, jurídico e operações trabalham remotamente na Resource e a meta é ter em torno de 300 pessoas trabalhando no modelo até o final de 2015. Durante os meses iniciais, os gestores das equipes envolvidas receberão treinamentos para que possam coordenar suas equipes sob a nova forma de trabalho.

“Nosso objetivo é oferecer melhor qualidade de vida aos funcionários e com isso ter ganhos significativos em produtividade do trabalho que é realizado para nossos clientes. Com a otimização do tempo, o colaborador passa a investir em atividades constantemente adiadas pela rotina exaustiva e pelo longo tempo que acaba perdendo em deslocamentos na cidade, podendo aproveitar esse tempo para suas necessidades pessoais e passando a dedicar-se integralmente ao trabalho durante seu período conectado a empresa. Essa melhoria da relação de equilíbrio entre qualidade de vida e produtividade traz ganhos concretos a Resource e, consequentemente, aos nossos clientes, que terão ganhos diretos em prazo e custos de TI”, afirma Olivar Rodrigues, Diretor de Recursos Humanos da companhia.

No Brasil, conforme lei 12.551, de 15 de dezembro de 2011, que alterou o art. 6º da Consolidação das Leis do Trabalho, não há distinção entre o trabalho realizado no estabelecimento do empregador ou o executado a distância desde que estejam caracterizados os pressupostos da relação de emprego. De acordo com Rodrigues, a definição da periodicidade do teletrabalho varia de acordo com a função de cada funcionário e, também, da exigência dos clientes. “As áreas operacionais, por exemplo, são quase totalmente aderentes e flexíveis ao modelo de teletrabalho. Hoje, há colaboradores que trabalham remotamente apenas dois dias da semana e outros que o fazem em período integral”, completa.

Calcula-se que na cidade de São Paulo, os motoristas gastem, em média, 2h46 de deslocamento no trânsito diariamente. Aproveitar esse tempo com outras atividades mais produtivas é o que muitos trabalhadores almejam. Para Alexandre de Barros Ragognette, analista de sistemas da Resource, o trabalho remoto gerou ganho de produtividade e economia com despesas de locomoção. “É perceptível que minha qualidade de vida melhorou. Trabalhando em casa ganho quatro horas por dia para me dedicar a outras atividades e à minha família”, afirma.

Para Solemar Andrade, vice-presidente executivo da Resource, o home Office já é uma realidade. “Para que isso aconteça de forma assertiva para todos, é preciso planejamento das atividades e disciplina para que o modelo realmente funcione e os resultados sejam ainda melhores do que já acontece no modelo tradicional”, afirma. De acordo com o executivo, a Resource oferece toda a estrutura necessária para que o funcionário possa exercer suas funções remotamente, como o acesso às ferramentas de trabalho e às regras de segurança da informação, além do mobiliário caso necessário.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor