TIM busca parceiros para abertura de 30 lojas em SP

Fornecedores de SoftwareOperadorasProjetosRedes

A operadora italiana está à procura de parceiros comerciais que tenham capacidade de auxiliar a companhia na abertura de mais 30 novas lojas no Estado de São Paulo este ano. A operadora, que divulgou a estratégia em comunicado emitido hoje, procura por interessados em investir ao menos R$ 200 mil para abrir negócio próprio com

A operadora italiana está à procura de parceiros comerciais que tenham capacidade de auxiliar a companhia na abertura de mais 30 novas lojas no Estado de São Paulo este ano.

tim

A operadora, que divulgou a estratégia em comunicado emitido hoje, procura por interessados em investir ao menos R$ 200 mil para abrir negócio próprio com a marca TIM. A tele confirmou oferecer treinamentos direcionados ao atendimento e às vendas, consultoria e material de comunicação para os futuros pontos de venda.

Na região metropolitana de São Paulo, a TIM pretende abrir novos pontos de venda em municípios que compreendem a grande São Paulo como Mauá, Diadema, Barueri, Cotia, Carapicuíba, Itaquaquecetuba, Suzano e Taboão da Serra. uma das razões é que essas localidades passarão a contar com sinal de internet de quarta geração (4G) até o final deste ano. Outro motivo seria a explosão de novos shoppings, inaugurados maciçamente nessas cidades que circundam a capital, saturada comercialmente e já extensamente cobertura por centenas lojas.

Ainda assim, para a capital paulista, a operadora tem planos de abrir algumas unidades nas regiões sul e leste, além das cidades no entorno da Zona Oeste como Osasco, Barueri e Jandira, no sudeste da cidade, em São Bernardo e Santo André e no noroeste, na cidade de Guarulhos, regiões que já contam com a tecnologia 4G disponível.

Já no litoral e interior do Estado, o objetivo principal é crescer nas cidades de Praia Grande, Guarujá, na baixada Santista e Jundiaí, Piracicaba, Limeira, Marília e Indaiatuba, Cidades até 150 km distante do município de São Paulo e que irão receber o sinal 4G até dezembro de 2015. Campinas e Ribeirão Preto também estão na lista, mas as ambas já têm sinal de Long Term Evolution (LTE) desde o ano passado.

O processo de adesão dos novos pontos de venda e atendimento é feito em quatro etapas que consistem em selecionar os empresários candidatos, definir a localização geográfica das unidades, recrutar e selecionar a equipe de atendimento e vendas e finalizar os trâmites burocráticos de fechamento de contratos e implementação de sistemas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor