Altice deve reorganizar companhia sob nova controladora na Holanda

EmpresasNegóciosOperadorasRedes

O grupo europeu de telecomunicações anunciou no final da última semana uma reestruturação que irá combinar a companhia com sua nova empresa holandesa, Altice NV, para “fortalecer sua capacidade para aquisições futuras”.

A empresa é controlada pelo bilionário Patrick Drahi e está no meio de uma onda de aquisições nos últimos 18 meses, incluindo a PT Portugal, comprada da tele brasileira Oi por aproximadamente € 7 bilhões.

Os movimentos se refletiram na aquisição de quatro empresa, além da proposta mal sucedida rival francesa Bouygues Telecom, que rejeitou a ideia mesmo com os € 10 bilhões que a Drahi tinha em mão para o negócio. A Altice já controla a gigante Numericable-SFR, segunda maior operadora móvel da França.

Com a novidade os acionistas da Altice receberão dois tipos de novas ações e direitos de voto em substituição aos papéis existentes, isso tudo após a aprovação da medida, em assembleia geral extraordinária que será realizada na primeira semana do próximo mês.

Antes que a mudança seja feita, a Altice vai transferir a maior parte de seus ativos e passivos para uma nova subsidiária sediada em Luxemburgo, a Altice Luxembourg S/A. A nova empresa que será aberta e sediada na Holanda é que vai controlar todos os ativos por meio da Altice Luxembourg.

“O grupo vai se beneficiar de uma moeda forte para aquisição de ativos sem prejudicar o controle de voto do grupo de acionistas fundador”, afirmou o presidente-executivo do grupo, Dexter Goei, em comunicado oficial.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor