Amazon oferecerá crédito a vendedores em oito países incluindo a China

E-commercee-Marketinge-Payment

A gigante varejista dos EUA lançará um programa de empréstimos para pequenos vendedores este ano em oito países, incluindo a China.

O país é o mercado onde o crédito está se tornando fator-chave na competição por novos vendedores e por maior participação de mercado. Até agora, a empresa de comércio eletrônico oferecia o serviço apenas nos Estados Unidos e no Japão.

O Amazon Lending, criado em 2012, agora planeja oferecer empréstimos de capital de giro de curto prazo em outros países onde opera com terceiros. Os países são Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Espanha e Reino Unido. O serviço é baseado em convites e não é aberto a todos os vendedores da plataforma da Amazon.

Outros grandes varejistas incluindo o PayPal, do eBay, e Alibaba Group Holdings, que administram marketplaces de terceiros, também estão se voltando para os financiamentos para impulsionar sua base de vendedores.

No final da última semana, outra gigante do comércio eletrônico, a vice-líder do mercado chinês JD.com anunciou que vai lançar um sistema de dados de crédito para consumidor e vendedores em todas as operações sob seus domínios no país asiático.

A iniciativa será oficializada por meio de uma joint-venture com a companhia de tecnologia de avaliação de crédito norte-americana ZestFinance. O movimento é observado como a maior investida na seara dos sistemas de pagamento, contra o serviço da arqui-rival e compatriota, Alibaba Group.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor