TV paga encerrou abril com 19,76 milhões de assinantes em todo o País

OperadorasRedes

O Brasil fechou o quarto mês do ano com 19,76 milhões de acessos de TV por assinatura, um número bastante parecido com a marca alcançada no mês anterior, março, segundo informações apuradas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O grupo América Móvil, que controla três marcas – Claro, Embratel e NET – permaneceu na primeira

O Brasil fechou o quarto mês do ano com 19,76 milhões de acessos de TV por assinatura, um número bastante parecido com a marca alcançada no mês anterior, março, segundo informações apuradas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

tv digital br

O grupo América Móvil, que controla três marcas – Claro, Embratel e NET – permaneceu na primeira posição de total de assinantes, com participação de mercado avaliada em aproximadamente 51,74%. O número representa um recuo em sua base, já que em março a quantia chegava aos 51,95% de market-share.

A SKY/DirecTV ficou com 28,96% de participação de mercado no mês, um aumenta de 0,2 %, na comparação com os 28,76% que concentrava no terceiro mês do ano. A fatia da Oi ficou em 6,11%, também demonstrando queda na base de clientes, na comparação com os 6,23% que detinha em março. Por fim, a GVT – vendida para a Telefônica Vivo no último ano e que teve a operação aprovada na última semana pelos acionistas da compradora – registrou alta na participação nacional, com o total de 4,85% do mercado, ante os 0,1% a menos que detinha em março, representado por números totais de 4,75%.

A estabilidade nos números da TV por assinatura são diferentes da elevação percebida no mercado de banda larga para o mesmo mês. Dados divulgados pela Anatel no começo da semana deram conta de um aumento no número de usuários do serviço em todo o território nacional.

De acordo com as informações, o Brasil encerrou abril com 24,61 milhões de acessos de banda larga fixa, o que representa uma alta de 7,3% sobre o mesmo mês do ano passado. A América Móvel, que reúne as marcas Claro, Embratel e NET, manteve-se na primeira posição de banda larga fixa, com participação total de 31,63% no mercado nacional, frente a 30,10%, na comparação com um ano antes. A companhia foi seguida pela Oi que obtém uma participação de 26,25%, ante 28,67% por cento em abril do ano passado. Já a Telefônica Vivo teve fatia de 16,65% do mercado e a GVT, comprada pelo grupo de origem espanhola no ano passado, 12,55%.

A alta de quase 10% no acesso de internet fixa em apenas um mês, representa um número bastante alto para o período considerando apenas os acessos móveis já que é esperado um crescimento de até 47% no número de conexões à internet em todo o planeta este ano, mas os quase 50% de aumento são amplamente baseados na expansão das redes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor