Carros conectados representarão 20% do mercado até 2019

Data StorageEmpresasM2MNegóciosRedesSoftware

Um novo estudo da Juniper Research prevê que um em cinco carros terão algum tipo de conexão M2M até 2019. O estudo leva em conta novos sistema de inteconexão entre os veículos, que vão de integração com smartphones (como no caso de apps como Waze e Google Maps, que se comunicam em tempo real e

Um novo estudo da Juniper Research prevê que um em cinco carros terão algum tipo de conexão M2M até 2019.

smart-car

O estudo leva em conta novos sistema de inteconexão entre os veículos, que vão de integração com smartphones (como no caso de apps como Waze e Google Maps, que se comunicam em tempo real e criam “mapas de calor” de trânsito) a sistemas embarcados inteiros, que contemplam entretenimento e até navegação autônoma.

A previsão faz parte de um amplo relatório sobre tecnologia M2M, em que a Juniper compara a ascenção dos carros conectados a outros segmentos, como saúde e varejo. A empresa prevê que o mercado M2M deva movimentar US$ 40 bilhões até 2019, o dobro do que circula hoje.

Além dos carros, a consultoria acredita que os medidores de energia, água e gás inteligentes serão a próxima onda, impulsionados pela necessidade de conservação de recursos e regulamentações mais restritivas. Índia e China devem puxar o segmento dos medidos inteligentes, por causa da necessidade de otimização dos investimentos em infraestrutura.

Outra previsão da Juniper é que a inteligência de big data será crucial para que a torrente de dados coletados via M2M tenha aplicações viáveis, gerando novas oportunidades de receitas e negócios para as empresas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor