Grupo Flytour escolhe MicroStrategy para melhoria de processos

EmpresasNegóciosSoftware

O grupo de turismo anunciou a contratação da solução analítica da MicroStrategy e de sua plataforma móvel, para automatizar os relatórios gerenciais e prestar contas aos clientes corporativos, além de consolidar as informações de suas cinco divisões de negócios (Franchising, Business, Travel, Eventos e Tecnologia) de modo automático. Isso porque a companhia de viagens entende

O grupo de turismo anunciou a contratação da solução analítica da MicroStrategy e de sua plataforma móvel, para automatizar os relatórios gerenciais e prestar contas aos clientes corporativos, além de consolidar as informações de suas cinco divisões de negócios (Franchising, Business, Travel, Eventos e Tecnologia) de modo automático.

Business intelligence

Isso porque a companhia de viagens entende que a plataforma pode ajudar em sua expansão e no aumento da base de clientes, planejada pela rede de agências. O projeto de Business Intelligence (BI) dentro do grupo está em fase de implementação, já que a adoção por parte dos executivos e os resultados positivos estimulam a criação de novas aplicações para a ferramenta, diferentes das aplicações já desenvolvidas.

Ao todo são cerca de 320 usuários, incluindo a presidência, o conselho administrativo, as diretorias, os gerentes de unidades e as franquias. Deste total, 50 usuários, que compõem principalmente o alto escalão da empresa, fazem uso da ferramenta mobile para gerir os negócios dos sete canais de vendas do grupo, incluindo a Flytour American Express, Flytour Travel Solution, Flytour Franchising, Flytour Viagens, Flytour Eventos, Flytour Tecnologia e agências Flytour próprias.

Há 40 anos no mercado brasileiro de turismo, a empresa detém uma grande rede de agências de viagens em todo o País, com mais de 220 unidades de negócios e 2.600 colaboradores em todo o Brasil.Por isso já estão em andamento cinco diferentes projetos, sendo eles, respectivamente, para as áreas de vendas, financeira, recursos humanos, work (relação com o parceiro internacional da empresa) e Flytour Viagens. Esta última é bastante diferenciada dos demais negócios, por se tratar de uma iniciativa B2B, considerada uma operação muito distinta das demais.

De acordo com o responsável pelo departamento financeiro do Grupo Flytour, Nilson Teles da Silva, no caso da divisão Business, a companhia é obrigada por regra contratual a reportar mensalmente, para os cerca de 900 clientes corporativos em atividade, todas as informações relacionadas às contas de viagens profissionais.

Antes do sistema automatizado de BI, quando todos os relatórios eram consolidados por meio de sistemas eletrônicos manuais, o prazo de entrega era sempre marcado para o dia 20 de cada mês. Com a adoção da nova plataforma, foi possível agilizar em 70% o fornecimento destas informações para os clientes, “que recebem os informativos de forma automática até o dia 10 de cada mês, com a solução narrowcast da MicroStrategy”.

“Os clientes querem saber como estamos gerenciando suas contas. O sistema de Business Intelligence nos permite mostrar exatamente quanto e como reduzimos os gastos com as despesas de viagens de cada um deles. É possível obter um grande nível de detalhamento das melhores tarifas encontradas, comprovar que reservamos os melhores hotéis e, ainda, por exemplo, mostrar com quanto tempo de antecedência a passagem foi solicitada”, explica Silva.

Outro aperfeiçoamento implementado pela ferramenta, que também é utilizada pelas franquias Flytour, é o envio de relatórios gerenciais completos com todas as informações requeridas pelos clientes, atendendo os padrões exigidos para o atendimento em contas internacionais.

Todo dia primeiro de cada mês um relatório prévio é enviado aos consultores, informando quais campos necessitam ser preenchidos, o que não seria viável sem o BI. “Se fôssemos manter o mesmo nível e quantidade de relatórios manualmente, teríamos um departamento extremamente inchado. Desta forma, conseguimos ter mais agilidade e precisão, com menos chances de cometer erros”, finaliza Teles.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor