Linguagem de programação da Apple torna-se open-souce

Open-SourceSoftware

A Apple liberou sua linguagem de programação Swift a todos os que queiram desenvolver aplicações para iOS e OS X, e foi além. Ao entrar na esfera open-source, a fabricante quer aumentar exponencialmente o número de apps para os seus dispositivos e ampliar o alcance da sua API. Na sua anual Worldwide Developers Conference, a Apple passou

A Apple liberou sua linguagem de programação Swift a todos os que queiram desenvolver aplicações para iOS e OS X, e foi além. Ao entrar na esfera open-source, a fabricante quer aumentar exponencialmente o número de apps para os seus dispositivos e ampliar o alcance da sua API.

apple swift

Na sua anual Worldwide Developers Conference, a Apple passou a ser vista com outros olhos pelos programadores. Tendo, desde sempre, crescido por trás de uma muralha de pedra virtualmente impenetrável, a fabricante anunciou agora que permitirá que a sua linguagem de programação seja utilizada por todos, ambicionando que a Swift venha a ser uma das maiores interfaces de programação de aplicações (API) dos próximos tempos.

A Apple disse que a Swift passará a ser open-source no final deste ano.

Citado pela Bloomberg, Craig Federighi, vice-presidente sênior da área de engenharia de software da tecnológica de Cupertino, acredita que a Swift está no caminho certo para tornar-se “a próxima grande linguagem de programação”.

Desta forma, os desenvolvedores poderão utilizar a Swift em dispositivos que não sejam da marca da maçã para desenvolverem programas que operem em plataformas que rivalizem com os produtos da Apple, que estenderá o seu braço para além de seus domínios e conquistará território dentro das linhas do inimigo.

Contudo, no âmago da comunidade de programadores existe ainda alguma relutância em abraçar completamente a Swift, olhando-a com desconfiança. Esta relutância deve-se ao fato de muitos considerarem as intenções da Apple pouco transparentes. Mas é um bom começo para a sua campanha de captação de uma maior número de programadores.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor