Nova solução da Riverbed analisa em tempo real o desempenho de aplicações

CloudSoftware

A Riverbed Technology, fornecedora de soluções de infraestrutura para desempenho de aplicações, anunciou o lançamento do Riverbed SteelCentral AppInternals 10, solução de gerenciamento de performance de aplicações (APM) que auxilia as equipes de TI principalmente em empresas com infraestrutura híbrida.

A solução monitora as aplicações de dentro e fora da nuvem, permitindo análise de ponta a ponta das redes com objetivo de auxiliar a área de TI no desempenho das aplicações, na melhoria da experiência de usuário e no impacto de negócios. Ela rastreia todas as transações de dispositivos dos usuários finais capturando os sistemas métricos. Essa capacidade mostra a experiência de usuário final, com informações como dados demográficos dos colaboradores e desempenho de aplicações, juntamente com o fluxo de trabalho importantes para análise de possíveis problemas. Além disso, conforme destaca a Riverbed, ela melhora a performance ao analisar bilhões de métricas usando consultas simples para descobrir bugs e até sugerir ideias para os negócios.

De acordo com o Gartner (estudo “Private Cloud Matures, Hybrid Cloud is Next), 75% das empresas projetam ter um desenvolvimento de nuvem até o final desse ano. Mas, juntamente com os benefícios, o ambiente híbrido também traz desafios, incluindo menos visibilidade, menos controle e maior necessidade de otimizar o desempenho das aplicações acessadas à distância. Gerir de forma eficaz o desempenho das aplicações em ambientes híbridos (em constante evolução) requer visibilidade ampla e profunda das aplicações, hospedagem de redes complexas e da experiências do usuário final. A complexidade das múltiplas aplicações, nuvens, redes, prestadores de serviços e usuários finais, dificultam a visibilidade necessária sobre a aplicação e sobre a rede, o que é essencial para garantir o melhor desempenho e uma boa experiência dos usuários finais, independentemente de onde ele esteja ou qual dispositivo esteja usando. A boa experiência do usuário final é essencial para maior produtividade e competitividade da companhia.

A companhia destaca que o lançamento soluciona o desafio de visibilidade e controle para facilitar o desempenho das aplicações em uma infraestrutura híbrida. Ela monitora e armazena o registro de cada transação de ponta a ponta ao longo do sistema associado de métricas e inclui parâmetros, URLs, informação de usuários e conexões remotas. A abordagem de big data permite que a equipe de TI recupere rapidamente os incidentes em detalhes, faça a mensuração de impactos e promova a identificação e eliminação de problemas causados, isso antes que os usuários percebam.

A SteelCentral AppInternals é capaz de descobrir anomalias, medir o impacto nos negócios, o plano de capacidade, e melhorar continuamente o seu desempenho das aplicações e rede. Na análise da demanda, utilizando consultas simples do tipo “e/ou”, ela promove a melhoria do desempenho de forma proativa, evitando “apagar incêndios” e atuar de maneira reativa.

“Com o lançamento da SteelCentral AppInternals 10, nós estamos entregando maior abrangência, visibilidade e diagnósticos para gerenciar a performance de aplicações em empresas de infraestruturas híbridas”, afirma Mike Sargent, vice-presidente sênior e gerente geral do SteelCentral da Riverbed.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor