Amazon terá que enfrentar processo sobre direito de marca

E-commercee-MarketingGestãoLegislação

A gigante de internet e serviços de TI deve enfrentar um processo de direito de marca aberto por uma fabricante de relógios.

A acusação é de que os resultados de buscas feitas no site da varejista online sediada em Seattle, no estado de Washington (EUA), podem causar confusão entre os consumidores.

O processo foi iniciado pela fabricante norte-americana Multi Time Machine, que afirma que o sistema de busca da Amazon pode fazer com que os consumidores comprem produtos rivais em vez de modelos fabricados pela companhia.

Segundo a o processo judicial, o relógio MTM Special não é vendido pela Amazon, mas se um usuário faz uma busca pelo produto, o site não é claro ao indicar que não o vende.

Em vez disso, o site mostra abaixo do campo de busca alguns modelos similares fabricados por rivais da MTM, em vez de encorajar o consumidor a buscar o aparelho em outro lugar.

Representantes da companhia controlada por Jeff Bezos não responderam ao pedido de entrevista das agências Reuters e Associated Press, para comentarem o assunto.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor