Apple tem alta de 32,5% nas receitas trimestrais impulsionada por iPhones

EmpresasGestãoMobilidadeNegóciosResultadosSmartphones

A previsão da fabricante para o quarto trimestre fiscal ficou abaixo das estimativas, o que fez as ações caírem nas negociações após o fechamento de ontem, da bolsa eletrônica Nasdaq.

A empresa, no entanto, reportou forte alta nas vendas de seu celular, o iPhone e um crescimento nas receitas de 32,5%, na comparação ano a ano.

o número alcançou os US$ 49,61 bilhões, superando as expectativas de Wall Street que esperavam um número de US$ 49,43 bilhões para o período.

A previsão oficial de receitas da companhia é de US$ 49 bilhões até US$ 51 bilhões, abaixo da previsão dos analistas que esperavam US$ 51,13 bilhões de faturamento, segundo apuração do instituto Thomson Reuters I/B/E/S.

A maior empresa do mundo em valor de mercado confirmou as vendas de quase 48 milhões de iPhones no terceiro trimestre fiscal, alta de 35%, em comparação com o mesmo período, um ano antes.

Alguns analistas mais otimistas também esperavam vendas maiores, que batessem pelo menos os 49 milhões de unidades neste trimestre fiscal da fabricante sediada em Cupertino, no estado da Califóirnia (EUA).


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor