Bolsa de Nova York é paralisada por falha nos sistemas

CyberwarSegurança

A negociação de todos os títulos na Bolsa de Valores de Nova York foi interrompida abruptamente por volta das 12:32 (horário de Brasília), sem retornar até o momento desta publicação (14:35). Como a NYSE declarou no Twitter, a paralisação foi ocasionada por um problema interno, e não por uma brecha de segurança.

De acordo com a Bloomberg, o presidente norte-americano foi rapidamente informado da situação, assim como o departamento do Tesouro.

Apesar de não haver nenhum comunicado declarando oficialmente a ligação do problema com ataques de hackers, o FBI já se pronunciou sobre o assunto, afirmando que monitora com atenção a situação, sem entrar em detalhes.

Curiosamente, a pane dos sistemas da Bolsa aconteceu logo em seguida à uma falha catastrófica nos servidores da da United Airlines, que manteve no chão milhares de aviões e deu um nó no tráfego aéreo dos EUA. O Departamento de Segurança Nacional negou oficialmente qualquer possibilidade de conexão entre os incidentes, descartando inclusive a possibilidade de ataque hacker.

A possibilidade do governo norte-americano admitir que foi um ataque hacker é nula. Seria praticamente a a aceitação de um atentado terrorista em solo americano e uma possível demonstração de fraqueza perante nações oponentes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor