Brasil fecha junho com 44,39 milhões de linhas da telefonia fixa

OperadorasRedes

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou o mais recente levantamento da base de assinantes da telefonia fixa no País. De acordo com a agência, em junho foram registrados 44,396 milhões de linhas de telefonia fixa, cerca de 21,73 acessos a cada cem habitantes.

A base da telefonia fixa encolheu em relação ao mesmo período do ano passado. Em junho de 2014, foram registradas 44,396 milhões de linhas.

O Sudeste apresentou a maior base (27,139 milhões). O Estado de São Paulo registrou 16,676 milhões de linhas da telefonia fixa (37,6% do total do País) ao final de junho, sendo o estado mais conectado da União.

As concessionárias encerraram junho de 2015 com 26,435 milhões de linhas. As autorizadas encerraram o período com 17,960 milhões de linhas ativas.

Entre as concessionárias da telefonia fixa, a maior foi a Oi, com 15,734 milhões de linhas ao final de junho. Entre as autorizadas, a maior era a Telmex (Claro/Embratel/Net), com 11,444 milhões de linhas.

As concessionárias são empresas que, em suas áreas de concessão, atuam em regime público, remuneradas por tarifas, submetendo-se, entre outros pontos, a obrigações de continuidade e de universalização. Já as autorizadas atuam sob regime privado, com liberdade de preços.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor