Empresa atropela Amazon e faz primeira entrega autorizada via drones dos EUA [com vídeo]

Inovação

A primeira entrega feita por drones autorizada pelo governo dos EUA foi feita na última na última sexta-feira (17), mas para desgosto de Jeff Bezos, não foi a Amazon quem entregou o pacote histórico.

A responsável pela entrega foi a australiana Flirtey, que fez questão de citar a Amazon no Twitter, dizendo “ganhou” da empresa de Bezos ao fazer a primeira demonstração de entregas com drones no EUA.

O primeiro pacote entregue foi uma encomenda de remédios à uma clínica na zona rural do estado da Virginia. A entrega foi feita em cooperação com a NASA, que se encarregou de levar a um aeroporto local a encomenda, que depois foi encaminhada ao destino final pelo drone da Flirtey.

Proibidos desde fevereiro pela Associação de Aviação Federal dos Estados Unidos (FAA), os voos de entregas com drones tem sido uma ambição da Amazon desde 2013, ano em que começou os primeiros experimentos com entregas remotas. A Flirtey conseguiu uma autorização especial para que a entrega de remédios fosse feita, em grande parte facilitada pelo seu relacionamento com a NASA.

O voo durou 30 minutos e foi monitorado o tempo todo pela torre de controle do aeroporto, para não haver risco para as aeronaves. Foram transportados 4,5 kg de medicamentos.

A Flirtey já faz entregas remotas na Nova Zelândia com sucesso, onde a legislação não proíbe esse tipo de transporte de encomendas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor