Escândalo finalmente derruba cúpula da Toshiba

EmpresasHOMENegócios

A apuração de peritos independentes, que resultou um relatório revelado nesta segunda-feira, confirmou que a direção da japonesa Toshiba maquiou os resultados financeiros da empresa por quase sete anos.

O presidente Hisao Tanaka, o vice presidente, Norio Sasaki e o ex-presidente e atual consultor, Atsutoshi Nishida, demitiram-se hoje, 21 de Julho, assumindo a responsabilidade pelo escândalo, um dos maiores da história do Japão.

O chairman Masashi Muromachi vai assumir o comando da Toshiba interinamente e a nova administração será anunciada em Agosto, juntamente com os resultados operacionais referentes a 2014.

A crise já causou à Toshiba danos praticamente irreparáveis. Só em maio, a empresa viu seu valor de mercado derreter mais de US$ 2,5 bilhões.

Em comunicado enviado à Bolsa de Tóquio, a Toshiba informa que, além dos executivos citados, mais cinco membros do conselho de administração “vão deixar os cargos e a partir do dia 22 [quarta-feira] e outras pessoas vão ocupar seus postos”. Tanaka, de 64, e Sasaki, de 66, estavam na companhia desde o início dos anos 1970.

O anúncio da demissão dos responsáveis teve impacto positivo direto na cotação da Toshiba na Bolsa de Tóquio. Os papéis fecharam nesta terça-feira em alta de 6,1%, em uma clara aprovação do mercado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor