Intel tem resultado trimestral levemente acima das expectativas

EmpresasGestãoHOMENegóciosResultados

A gigante anunciou ontem resultados trimestrais melhores que o esperado, apoiada no avanço dos data centers e nos negócio em internet das Coisas. Isso compensou a fraca demanda por computadores pessoais que usam os famosos componentes da empresa.

As ações da fabricante de chipstets, que cortou sua previsão para despesas de capital pela segunda vez já neste ano, subiram aproximadamente 9,2% no after market.

A empresa tem expandido sua linha de chips de maior margem utilizados em centros de pesquisas para enfrentar a fraca demanda da indústria de computadores e por isso aceitou comprar, no último mês de abril, a Altera por cerca de US$ 16,7 bilhões, como parte desses esforços.

A receita dos negócios de data center, o segundo maior da Intel, subiu 9,7% na comparação com o mesmo período do ano passado, para US$ 3,85 bilhões.

Os números foram ajudados pela adoção continua de serviços de nuvem e a demanda por dados analíticos. Já a receita dos negócios de computadores, o maior da companhia, caiu 13,5%, para US$ 7,54 bilhões.

A previsão de receitas para o atual trimestre é de US# 14,3 bilhões, com margem de US$ 500 milhões para mais ou para menos, embora os acionistas esperem uma receita de US$ 14,08 bilhões, de acordo com informações do instituto Thomson Reuters I/B/E/S.

O lucro da companhia nos três meses encerrados em junho foi de US$ 2,71 bilhões, ante US$ 2,8 bilhões em abril, maio e junho de 2014. Mas o lucro por ação seguiu em US$ 0,55, com a queda no número de ações em circulação. A projeção de analistas era de US$ 0,50 por papel.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor