JP Morgan recebe ações da Telecom Italia como bônus da Telefónica

EmpresasNegóciosOperadorasRedes

O banco de investimento norte-americano JP Morgan Chase recebeu nesta semana uma fatia avaliada em aproximadamente 7% da Telecom Italia, dona da TIM Brasil.

O pagamento foi realizado como parte de um acordo com a espanhola Telefónica, antiga dona dos papéis, segundo um documento do órgão regulador dos mercados italianos, o Consob.

A Telefónica emitiu no ano passado cerca de € 750 milhões em bônus conversíveis em ações da Telecom Italia que vencem no ano de 2017. O grupo espanhol assinou um acordo com o JP Morgan, que cede temporariamente a fatia na Telecom Italia ao banco norte-americano.

Em um prazo de dois anos a Telefónica poderá recuperar as ações em poder do Morgan Chase para entregá-las a investidores que compraram os bônus conversíveis, segundo o documento. Uma segundo destino seria vender as opções à instituição financeira norte-americana e cobrar em dinheiro o equivalente ao volume de ações, com a cotação no período da futura venda.

A Telefónica também se desfez de outros 8,24% de participação que mantinha na operadora sediada em Roma, como parte dos quase € 7 bilhões, ou R$ 22 bilhões, pagos ao grupo de mídia Vivendi, pela compra da brasileira Global Village Telecom, a GVT.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor