Receita do LinkedIn supera expectativas com investimentos

CRMe-MarketingEmpregoEmpresasGestãoNegóciosRedes Sociais

A maior rede social para profissionais de todo o mundo, divulgou um aumento maior do que o esperado de 33% em sua receita trimestral, guiado pelo forte crescimento da divisão de serviços para recrutadores.

Segundo apuração da agência de notícias Reuters, as ações da companhia subiram 10% no after market de ontem e a receita cresceu 33,3%, o que significou faturamento de US$ 711,7 milhões entre os meses de abril, maio e junho.

O LinkedIn anunciou investimentos pesados para adquirir negócios e montar suas equipes de vendas e desenvolvimento, em um esforço para alavancar os 380 milhões de usuários de sua rede, sem mencionar a participação corporativa por parte de empresas.

Em sua maior negociação até o momento, a empresa informou em abril que pagaria US$ 1,5 bilhão pela lynda.com, líder no crescente mercado de vídeos de treinamentos voltado ao segmento de carreiras.

O LinkedIn também mencionou investimentos para melhorar sua presença em aparelhos móveis e no desenvolvimento de novos produtos preparados especificamente para o mercado chinês.

A empresa, que gera cerca de 38% de suas receitas com os mercados localizados fora dos Estados Unidos, ressaltou que excluindo o impacto do dólar forte, sua receita teria crescido um total de 38%.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor