Resultados da Philips batem previsões para todo o segundo trimestre

EmpresasGestãoNegóciosResultados

A companhia holandesa anunciou resultados para os meses de abril, maio e junho com vendas de equipamentos médicos maiores e margens melhores em seus negócios de consumo e iluminação.

Ainda assim, a companhia se declarou “cautelosa” com a desaceleração do crescimento na China e também em outros mercados emergentes. A empresa espera crescimento modesto das vendas neste ano, enquanto divulgou alta de 12,8% no lucro líquido do segundo trimestre, que encerrou em € 274 milhões.

O resultado veio bem acima dos € 96 milhões previstos por analistas consultados pela agência de notícias Reuters, elevando as ações da Philips em mais de 3% na bolsa Euronext Amsterdam, que negocia os papéis da empresa na capital de seu país de origem.

Os esforços de reestruturação, que levaram a extinção de aproximadamente 1,5 mil empregos das divisões de bens de consumo e de equipamentos médicos (healthcare) dentro da companhia, no ano passado, elevaram as margens em seus negócios de consumo e também iluminação.

A melhora das margens como no negócio de saúde, entretanto, foram em sua maioria consumidas pelos efeitos do dólar valorizado frente ao Euro e também moedas de todas as suas operações globais.

O presidente-executivo da empresa, Frans van Houten, informou em declaração que está encorajado pelos resultados aprimorados, mas acrescentou que preocupa o ambiente econômico global “particularmente na China, Rússia e América Latina”.

A China é o segundo maior mercado da Philips, atrás apenas dos Estados Unidos. “Nós aproveitamos alguns crescimentos fortes de dois dígitos nos últimos anos. O que caiu, agora, está em apenas um dígito de crescimento porcentual”, disse Van Houten.

A fabricante de bens como barbeadores, escovas de dentes e cafeteiras, lâmpadas, scanners e monitores de pacientes, ressaltou que espera um crescimento modesto das vendas neste ano, enquanto que um melhor desempenho operacional, virá apenas em 2016.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor