Valor da Amazon já supera o do gigante Walmart

CloudE-commercee-MarketingNegócios

A Amazon anunciou uma alta em seus lucros trimestrais que ficou muito das estimativas dos analistas, o que catapultou o valor de mercado da empresa fundada por Jeff Bezos.

A valorização líquida foi de US$ 92 milhões, o que puxou uma forte valorização dos papéis da companhia, elevando seu valor de mercado para até US$ 265 bilhões. No mesmo trimestre de 2014 a companhia havia perdido US$ 126 milhões.

Os serviços cloud da Amazon foram responsáveis por uma receita de US$ 1,8 bilhão e geraram lucro de US$ 391 milhões, o que foi definitivo para o bom resultado da empresa.

Analistas internacionais apontaram que, pela primeira vez, a Amazon, que tem como principal negócio o comércio eletrônico, finalmente ultrapassou o Walmart, gigante que até então era considerado o rei do varejo e tem valor estimado em US$ 233,5 bilhões.

O momento é considerado simbólico, em especial porque é no mesmo ritmo que o comércio eletrônico avança forte, os varejistas em todo o mundo lutam para manter suas lojas físicas abertas e para integrar de forma satisfatória o e-commerce à sua matriz de negócios.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor