Vodafone tem receita trimestral maior apoiada em aquisição

EmpresasGestãoNegóciosOperadorasRedesResultados

A Vodafone divulgou no final da última semana uma aceleração no crescimento da receita trimestral, apoiada por uma aquisição no segmento de TV por assinatura na Alemanha, seu maior mercado neste segmento em todo o continente europeu.

O negócio ajudou a segunda maior operadora de telefonia móvel a impulsionar o faturamento, e assim consolidar a recuperação de resultados do grupo sediado na cidade de Newbury, condado de Berkshire (Inglaterra).

A tele voltou a ter crescimento nas vendas trimestrais pela primeira vez em quase três anos no mês de maio. “Nossos mercados emergentes mantiveram desempenhos fortes e a maioria de nossos negócios europeus estão voltando a crescer, conforme a demanda de consumidores por dados e 4G decola”, afirmou o presidente-executivo global da gigante, Vittorio Colao.

A corporação já havia sido duramente atingida pelas limitações de gastos de consumidores em seus maiores mercados em seu continente de origem, a concorrência acirrada que sofre na Índia e também por cortes de preços impostos por reguladores nas operações de todo o mundo.

A companhia informou oficialmente que a receita orgânica de serviço cresceu 0,8%, acima da expansão de 0,1%, vista no trimestre anterior. O número ficou ligeiramente acima das previsões de analistas, de 0,5%.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor