Vulnerabilidade expõe Jeep Cherokee à ataques hacker

CyberwarHOMEMobilidadeSegurança

Cerca de 470 mil carros podem estar sujeitos à uma grave vulnerabilidade que permite que hackers tomem o controle de sistemas básicos do veículo, como freios e injeção eletrônica, sem nem ao menos estar no mesmo ambiente.

A grave vulnerabilidade foi demonstrada pelos hackers Charlie Miller e Chris Valasek à Wired, em um aterrorizante exemplo de como uma simples abertura de segurança pode ser perigosíssima quando envolve vidas humanas.

Foi explorada uma brecha no sistema Uconnect, da Jeep, que utiliza a rede celular. O Uconnect oferece entretenimento de última geração, além de controles avançados dentro do veículo.

Um repórter da publicação norte-americana teve o carro remotamente hackeado enquanto dirigia, em um teste controlado, para provar a vulnerabilidade. Além de interferir com o ar-condicionado e som, foi possível anular o controle do acelerador e até do volante, efetivamente colocando o motorista em risco.

A vulnerabilidade já é conhecida pela montadora, que liberou um patch para o sistema, que precisa ser instalado via USB ou pelas concessionárias. Ainda assim, a Fiat Chrysler, detentora da Jeep, protestou vigorosamente contra a matéria publicada, afirmando ser um desserviço encorajar hackers a alterar sistemas de veículos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor