3 dicas para aumentar bateria do smartphone Android

AppsMobilidadeSmartphones

A autonomia da bateria é um dos fatores de grande influência na hora de comprar um dispositivo móvel. Tendo isso em mente, a PSafe dá umas dicas para “esticar” a vida útil da bateria de seu smartphone Android.

Uma das principais causas do gasto de bateria são os aplicativos em segundo plano, que funcionam mesmo quando não são acessados pelo usuário. Para além de tornar o celular mais lento, consomem parte significativa da energia do aparelho, ocupam a banda de conexão à Internet e ocupam memória interna. Estes apps ficam rodando em segundo plano, emitindo notificações e realizando tarefas sem que o usuário tenha consciência disso.

O programador de Android da PSafe, Vitor Hain, diz, em nota, que existem, de facto, vantagens em desligar as aplicações que correm no plano de fundo, mas existe também um lado negativo nessa ação. “Existem alguns casos em que o fechamento desses apps não é muito vantajoso. Esses casos, geralmente, são de apps usados frequentemente no dia-a-dia (Facebook, Whatsapp etc), que mantêm dados pré-carregados e prontos para inicialização rápida – sem precisar carregar tudo do zero quando o usuário clicar para abrir. Isso garante que o aplicativo que você usa periodicamente funcione mais rápido e exija menos do seu processador”.

Aplicativos que encerrem os programas operando em segundo plano podem otimizar o desempenho do dispositivo e, em consequência, aumentar a longevidade da bateria.

Outro conselho é eliminar aplicativos pouco (ou nada) utilizados. Esses ficam ocupando espaço na memória do dispositivo e podem, muitas vezes, operar em segundo plano.

O especialista da PSafe diz que a avaliação do nível de utilização dos apps deve ser feita pelo usuário. No entanto, ele afirma que “jogos e programas de diversão casual geralmente são bastante dispensáveis para a rotina da maioria dos usuários, enquanto alguns aplicativos de viagem podem ser bem úteis para quem viaja periodicamente”.

Um outro problema que impede o smarpthone de alcançar um desempenho ótimo é causado por conteúdo multimídia duplicado, pelo que é aconselhável a eliminação de itens desnecessários. Ian Medeiros, outro programador da PSafe, afirma que “o WhatsApp é responsável por boa parte das imagens duplicadas. Isso porque o app cria um novo arquivo da mesma foto que você já tem na sua galeria cada vez que realiza a troca de imagens em conversas diferentes. Ele não reconhece que você já possui uma foto igual e acaba enchendo sua memória com versões diferentes do mesmo arquivo”.

* Filipe Pimentel é jornalista da B!T em Portugal


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor