AT&T deve reunir serviços de celular com TV paga da DirecTV

EmpresasGestãoGestão de RedesNegóciosOperadorasRedes

A segunda maior operadora de telefonia móvel dos Estados Unidos, informou que deverá reunir seus serviços de celular com os de TV por assinatura da DirecTV, após a aprovação no final do último mês, do acordo avaliado em US$ 48,5 bilhões.

A companhia e a maior provedora de televisão por satélite daquele país se tornaram o maior conglomerado norte-americano de televisão paga, concluindo a fusão após receber aprovação final dos reguladores.

A combinação com a DirecTV tinha como objetivo melhorar os pacotes de serviços de celular, banda larga, televisão e telefonia fixa da AT&T e fazer frente ao conglomerado Comcast, que entre suas operações, mantém o gigante de mídia NBUniversal.

A recém expandida AT&T ultrapassa a infraestrutura da rival e – agora – ex-líder de mercado, Comcast.

A AT&T sinalizou que irá servir mais de 55 milhões de clientes nos Estados Unidos, América Latina e Caribe, fazendo dela a maior companhia de televisão por assinatura do mundo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor