Cisco lança desafio para promover inovação urbana no Rio de Janeiro

GestãoInovaçãoMobilidadeProjetosRedes

A gigante de equipamentos de rede anunciou o Desafio Cisco de Inovação Urbana Porto Maravilha e voltado para empreendedores, desenvolvedores, startups e universidades do Brasil. O objetivo da novidade é “criar um bairro inteligente e mais humano”, com a aplicação do conceito de Internet de Todas as Coisas (IoE). Os participantes que apresentarem as cinco

A gigante de equipamentos de rede anunciou o Desafio Cisco de Inovação Urbana Porto Maravilha e voltado para empreendedores, desenvolvedores, startups e universidades do Brasil. O objetivo da novidade é “criar um bairro inteligente e mais humano”, com a aplicação do conceito de Internet de Todas as Coisas (IoE).

Os participantes que apresentarem as cinco ideias mais inovadoras farão parte de um programa de aceleração, apoiado pelo Centro de Inovação IoE da Cisco e por um parceiro acelerador, com o objetivo de viabilizar a implementação real dos projetos antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio, em 2016.

O prazo para inscrição para a primeira fase se encerra no dia 7 de setembro. O anúncio será feito durante o lançamento do Distrito Criativo, uma iniciativa da rede de empreendedores interessados no desenvolvimento econômico e social da região do Porto, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp).

O Desafio faz parte da iniciativa da Cisco de Inovação Urbana no Porto Maravilha, um dos projetos da empresa para contribuir para a construção de um legado duradouro para a transformação da cidade do Rio de Janeiro.

Através de iniciativas dos setores público e privado, o Porto Maravilha será um modelo de bairro inteligente, com zonas residencial e comercial, rede de transporte público e infraestrutura de telecomunicações eficientes.

Para a companhia, é importante tornar a área do Porto Maravilha um case de bairro inteligente, com a ajuda de uma plataforma conectada e serviços inteligentes, permitindo que cidadãos e visitantes se conectem entre si e também se conectem com a cidade e com o governo.

Segundo a Cisco, é recomendável que os participantes tenham conhecimentos em inglês, além de desenvolvimento de software, design de interfaces e gráfico e gestão de negócios. O Desafio é aberto a grupos de todo o Brasil.

Os projetos devem ser elaborados com base na plataforma de IoE, que a Cisco implanta na região, assim como nos dados públicos da Prefeitura do Rio de Janeiro.

As ideias serão avaliadas com base em vários critérios, como inovação, impacto socioeconômico, viabilidade para implementação em seis meses, sinergia com a tecnologia Cisco, multidisciplinaridade e eficiência do modelo de negócios proposto.

Os interessados em participar do desafio podem acessar todas as informações e também efetuar as inscrições em grupos de 2 até 5 pessoas, no portal oficial da iniciativa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor