Fortinet ajuda empresas a detetar falhas de segurança em suas redes

EmpresasNegóciosSegurança

A Fortinet lançou uma ferramenta que permite avaliar a proteção cibernética das empresas e sua vulnerabilidade a possíveis ataques.

Chamada “Indicador Digital de Segurança”, a ferramenta online, lançada pela empresa norte-americana em parceria com a IDC, ajuda as empresas a perceber o quanto seguras realmente estão.

Essa é uma ferramenta de diagnóstico direcionada a todas as empresas, independentemente de suas dimensões. Para utilizá-la, é preciso acessar ao website securityindexlatam.com, criar uma conta de usuário e responder a um questionário acerca da segurança da empresa. Depois de tudo isso, de acordo com a Fortinet, receberá um relatório da análise feita e também recomendações de especialistas sobre como melhor proteger sua rede.

“O relatório tem como base três possíveis cenários de maturidade da segurança em TI, elaborados a partir das informações obtidas pela IDC na América Latina e o suporte de seus especialistas, e classifica as companhias em conservadoras, neutras ou inovadoras, de acordo com a estratégia de proteção adotada”, explica a empresa, em nota.

O gestor das operações da Fortinet no Brasil, Frederico Tostes, acredita que algumas tendências tecnológicas, como dispositivos móveis pessoais nas redes corporativas, Big Data, cloud e redes sociais como ferramentas de negócio, estão colocando as empresas sob ameaças às quais antes eram imunes. Assim, sabendo que os ciberpredadores são inúmeros, as empresas têm de procurar fortalecer suas defesas e mitigar as suas falhas, e apenas conseguem fazer isso que tiverem um conhecimento real e fundamentado das suas redes.

Se estima que os gastos em software de segurança cresçam 13 por cento este ano, no Brasil, segundo a IDC.

A Fortinet afirma que os relatórios emitidos pelo “Indicador Digital de Segurança” apontam vulnerabilidades da rede e fatores de risco, e permitem à empresa redefinir sua estratégia de segurança. Ainda, a tecnológica informa os dados inseridos quando do registro no website da ferramenta serão utilizados para realizar um estudo “ que mostrará um panorama do nível de maturidade na área da segurança nas empresas da América Latina”.

* Filipe Pimentel é jornalista da B!T em Portugal


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor