Konica Minolta apoia as mulheres nas Tecnologias da Informação

Empresas

Sob o lema, “Let’s target the balance. We can do IT together” [“Vamos atingir o equílibro. Podemos fazer as TI juntos], a Konica Minolta anunciou em comunicado que desenvolveu um projeto de apoio às carreiras femininas nas TI, em parceria com a ONG Chzechitas.

O projeto, desenvolvido na Europa, na República Checa, visa, segundo a empresa, apoiar o empreendedorismo e o desenvolvimento de conhecimentos na área das TI para mulheres em cooperação com a organização mundial Impact Hub. “Com a ajuda da Impact Hub e da Czechitas, o projeto pretende atrair, selecionar e apoiar mulheres e raparigas nesta área de negócio, potenciando o seu acesso ao mercado”, lê-se no comunicado.

O envolvimento da multinacional japonesa passa pelo apoio aos workshops educacionais desenvolvidos nas cidades de Praga, Brno e Ostrava, na República Checa. Estas iniciativas vão incluir estudantes, profissionais e empreendedoras num debate sobre novas perspetivas no ambiente das Tecnologias da Informação.

A Konica Minolta vai dar os seus próprios inputs com base na sua experiência nas TI.

Esta é uma área ainda dominada pelos profissionais do sexo masculino. Um estudo recente demonstra que a percentagem de mulheres a trabalhar neste setor varia entre os 15% e os 40% nos países da OCDE. Até no caso da multinacional japonesa, apenas 10% dos profissionais de TI são mulheres, algo que a Konica Minolta tenta contrariar.

“Encontrar os melhores especialistas de TI mantém-se como um dos principais objetivos para nós no futuro, já que escasseiam os profissionais com formação e as previsões apontam para o crescimento desta escassez, devido ao crescimento das TI”, declara em nota de imprensa Ikuo Nakagawa, presidente da Konica Minolta Europa. “Reconhecemos a importância de uma equipa equilibrada, em todos os aspetos”, acrescenta.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor