Toshiba vai subtrair 800 milhões de euros ao valor do seu negócio na Westinghouse

GestãoResultados

A Toshiba planeja registrar perdas no valor de 802 milhões de dólares em relação ao último ano fiscal, na sequeência de uma investigação contábil que revelou práticas de fraude e corrupção por parte da empresa.

Estas perdas são relativas a uma visão mais conservadora do valor do negócio na empresa Westinghouse, na qual a Toshiba tem uma participação de 87 por cento, como avançou o Nikkei Business Daily.

Há muito que os investidores desconfiavam que o valor dos ativos e goodwill relacionados com a participação da fabricante japonesa na Westinghouse fosse exagerado.

Em 2006, a Toshiba despendeu 5,4 mil milhões de dólares para obter a participação maioritária na empresa de energia nuclear. Mas, segundo a Reuters, a Toshiba pode estar agora à procura de reduzir o seu peso no negócio, apesar de os analistas dizerem que será difícil encontrar um comprador.

No mês passado, um grupo de investigadores e contabilistas independentes, designados pela própria companhia, anunciou que a Toshiba havia inflacionado os seus lucros operacionais nos últimos seis anos por um valor de cerca de 1,2 mil milhões de euros.

Apesar de os resultados financeiros ainda não estarem finalizados, prevê-se que os lucros operacionais para o ano findo em março vão ficar entre os 1,10 mil milhões de dólares e 1,46 mil milhões de dólares, em vez dos quase 2,42 mil milhões que a empresa estimava. 

Recorde-se que em final de julho deste ano, o CEO Hisao Tanaka abandonou a empresa, depois de ter sido acusado de atividades fraudulentas, incluindo a inflação dos lucros da empresa. O cargo de CEO tem sido temporariamente ocupado pelo chairman Masasho Muromachi.

* Teresa Sousa é jornalista da BIT em Portugal


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor