Uber deve investir US$ 1 bilhão em expansão de serviços na Índia

AppsEmpresasGestãoLegislaçãoMobilidadeNegócios

O aplicativo de caronas anunciou que planeja investimentos da ordem de US$ 1 bilhão nos próximos nove meses nas operações da Índia, maior mercado da companhia fora dos Estados Unidos, onde a empresa tenta ampliar o próprio menu de serviços.

O Uber sinalizou que pretende usar o aporte para aperfeiçoar as operações, expandir-se para mais cidades além das 18 regiões na qual já opera e desenvolver novos produtos e soluções de pagamento específicos para o mercado indiano.

“Estamos extremamente otimistas com o mercado indiano e vemos um tremendo potencial aqui”, declarou o presidente do app na Índia, Amit Jain. “O Uber tem crescido exponencialmente na Índia”, complementou.

Segundo apuração da agência de notícias Reuters, o Uber sinalizou ainda que Índia e China são seus mercados prioritários neste momento. No último mês a empresa reportou outro investimento também de aproximadamente US$ 1 bilhão, que será aplicado na China ainda durante este ano, enquanto busca acelerar o crescimento na segunda maior economia do mundo.

A plataforma já opera em cerca de 57 países e já vale mais de US$ 40 bilhões. Sua operação global, no entanto, enfrenta dificuldades com autoridades ao redor do mundo, com processos que buscam classificar motoristas do Uber como funcionários que devem receber benefícios, assim como ocorreu com protestos em uma votação da câmara dos deputados, proibindo o funcionamento do Uber em São Paulo e também a primeira regulamentação para aplicativos do gênero, como ocorreu recentemente na Cidade do México.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor